Sexta, 30 de janeiro de 2015



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





NÃO SE ESQUEÇAM!
SEGUNDA É FERIADO EM HOMENAGEM A NOSSA SENHORA DOS NAVEGANTES.
VOLTO NA TERÇA, DIA 3.





ponto do paraíso




EXCLUSIVO!!



HERDEIRO DE MILIONÁRIO QUER
DEBUTAR NUM CLUBE DE PORTO ALEGRE - FINAL





A história do guri que queria debutar num clube social de Porto Alegre começou a ser contada na Segunda, 26 de janeiro de 2015.
-
Até que chegaram os documentos da Rosângela.
Tudo perfeito.
De noite eles combinaram o que fazer.
O pai não foi no escritório. Resolveu passear com a Rô num shopping.
Ficou orgulhoso. Por onde passavam, homens, de todas as idades, olhavam para ela. Até as mulheres a admiravam. Almoçaram num restaurante da moda e repetiu-se o sucesso.
Depois foram nos três clubes, recebidos pelos presidentes, já que ele anunciou que estaria lá em determinada hora.
Jantaram em outro restaurante da moda. Mais sucesso.
-
No outro dia de manhã foram na clínica "de repouso" onde a mãe estava.
A mulher teve um ataque quando viu o filho/Rô. Aplicaram-lhe uma injeção. O diretor da clínica informou, formalmente, que a volta dela para casa estava cada vez mais difícil, porque os distúrbios eram cada vez mais constantes.
-
À tarde foram a dois programas de TV e em um de rádio. O bom empresário apresentou a sua filha adotiva, seu "novo orgulho".
Sucesso total.
--
Passado um tempo, o pai chamou aos gritos a sua "filha":
- ROSÂNGELA! ROSÂNGELA!!
Ele/ela aparece enrolada numa toalha.
- O que foi, papi?
- Vou te dizer uma coisa muito importante.
- Diz, papi.
- Rosângela, minha Rô. Estou perdidamente apaixonado por ti.
Ela coloca as mãos na cabeça e a toalha cai.
O corpo do guri estava nu.
E ele:
- Mas não precisava ter isso aí, acima das tuas pernas! Com tiquinho e saco, NÃO!!
- Mas, papi, eu sou menino. Esqueceu?
- Pois é, mas a gente podia dar um jeito nisso. Podemos ir para a Tailândia ou Sérvia para que faças a cirurgia de troca de sexo. E aí damos um jeito para que o meu filho suma no mundo.
Finaliza:
- Aí vivemos juntos para sempre.
O guri sorriu.

--

MPT x RBS

Só as reedições das "Velhinhas de Taubaté" não acreditavam que a RBS, especialmente o Zero Hora, estava contratando ou recontratando funcionários como pessoa jurídica, que é uma grave irregularidade.
Aí publiquei um documento do Ministério Público do Trabalho sobre isto. E, no dia seguinte, ressaltei que o próprio MPT  anunciava na Rádio Gaúcha, do Grupo RBS, sobre irregularidades nas empresas.
-
Recebi ontem um "comentário" anônimo, que possivelmente é do plenipotenciário da própria Gaúcha ou de um lambe-saco do pleni - sabe quem é, aquele baba-ovo semianalfabeto que se acha inteligente no twitter:

tu devia olhar melhor a data do processo e o motivo do 'anúncio' do mpt... jornalismo barato, não dá, né... 

Como é coisa de idiota não dá para entender.
No "processo" está escrito, no início:

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 
Procuradoria Regional do Trabalho da 4ª Região 
PORTARIA COORD-1 Nº 78/2015, de 27 de janeiro de 2015. 

O imbecil não sabe ler, mesmo.
-
O "anúncio" é claríssimo. O energúmeno não deve ter prestado atenção.
Trata, sim, de irregularidades e em uma peça trata até de trabalho escravo.
-
É a última vez que trato de pérolas escritas por biltres.
Patifes.

--

A WOODY ALLEN GAUDÉRIA

Ela mesma, a editora-chefe de humor do Zero Hora.


QUEM É QUEM? VAMOS LÁ, ARRISQUE UM PALPITE!!





Li ontem, na coletiva.net, mais uma peça hilária sobre a editora-chefe de humor do ZH:

A diretora de Redação dos Jornais do Grupo RBS, Marta Gleich, (opa! mudou de cargo! Está no lugar do Homer Simpson, que foi para o exílio em Brasdília) será uma das palestrantes do congresso da Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA). Na reunião de cúpula (BAH!!) da organização, planejada para junho, em Washington DC, nos Estados Unidos, ela falará sobre os novos processos em redações (novos processos? Não ter revisão, não ter editores experientes, etc). O evento ocorrerá entre 1º e 3 de junho e deve envolver cerca de 1,2 mil CEOs, publishers, editores e executivos de empresas de comunicação, com a realização do 67º World News Media Congress, o 22º World Editors Forum e o 25º World Advertising Forum
Marta defende (uauuuu!! Ela defende!!) que, diante do cenário de desafio dos jornais (cenário de desafios! O que é o estudo!), é preciso reinventar a forma de fazer jornalismo (o ZH online já reinventou, é pioneiro!), das rotinas, ao fluxo de produção e estrutura. “Algumas experiências dos jornais da RBS têm trazido excelentes resultados nessa linha, como a reestruturação das redações (reestruturação é o mesmo de demissões de "colaboradores") e o trabalho em rede, com compartilhamento de pautas, conteúdos, investigações, não só entre os jornais, mas também com bons exemplos associados a rádio e televisão”, adianta a diretora.

--

PLANETA ATLÂNTIDA VAI PRO BELELÉU 

Primeiro, cancelaram o Planeta Atlântida de Santa Catarina.
Depois, a TVCOM não transmite mais a edição gaudéria do PA. Agora, só o Patrola mostra os "melhores comentos".
Agora, esta informação: Por ser deficitário, em 2016 não será mais realizado o evento.
-
Quem viver...

--

GURIA, VERANISTA DE OEISIS, VAI SER ESTRELA
DE CAMPANHA MUNDIAL DE MARCAS DE BIQUÍNIS 

A partir de uma  foto publicada no Blog do Prévidi, de uma veranista de Oeisis International,  Patrícia Bragirolle Pacheco, moradora da Grande Porto Alegre, foi convidada por uma das três maiores agência de modelos do  mundo, para ser a protagonista de uma campanha publicitária mundial de uma conhecida marca de biquínis.
Olha ela aí e o motivo de sua contratação:




Outra:



- É o momento mais feliz da minha vida. Em março vou para Roma e depois Paris. Em mais fico três semanas em Nova York. Depois ainda não sei, mas vou rodar o mundo.Este contrato é de um ano, mas todos acreditam que a minha nova carreira não vai parar tão cedo - revela Paty, como é conhecida na praia.
Ela é estudante de Direito na PUC e faz aulas de inglês e pilates.
- Vou ter que dar um tempo na faculdade, mas vou voltar um dia para ser advogada criminalista. E já estou com saudade dos meus amigos da academia.

--

NO DOMINGO

Estou curioso para saber se vão reeleger o canalha do Renan Calheiros para a Presidência do Senado.
Os senadores vão mostrar o que são. O outro concorrente, Luiz Henrique, de Santa Catarina, é um cara do bem.
-
Na Câmara? É uma disputa entre a fome e a vontade de comer.

--

MUDANÇA

Troquei a Isis Valverde pela Paolla Oliveira.
Definitivamente!

--

ALTO NÍVEL

Está aí a capa da revista Assim, editada pelo competente Adriano Mazzarinio.
Circula em todo o Vale do Taquari, RS.




--

COISA MAIS ESTRANHA

Segurança
Arena do Grêmio proíbe entrada de "pau de selfie" no estádio
Decisão foi tomada por medida de segurança da gestão

--

ESCOLINHA ZH NA TV

Na edição de ontem do RBS Notícias, a apresentadora lascou:
"... quatro homens e uma mulher foram presos...".
Aí mostram, numa cela, cinco homens. E numa  outra a mulher.
Tóing!!

--

GOVERNO GARANTE REPASSES
E VAI PAGAR DÍVIDAS DE TARSO 

O governo do RS garantiu que repassará em dia, no primeiro semestre, os recursos dos programas de saúde conveniados com os municípios gaúchos. A garantia foi dada pelo secretário estadual da Fazenda, Giovani Feltes, ao presidente da Famurs, Seger Menegaz, que liderou uma comitiva de seis prefeitos. Este foi o principal pedido entregue pela Famurs, que definiu quatro reivindicações  na primeira Assembleia Geral do ano realizada na sede da Federação.
Outra solicitação atendida pelo secretário da Fazenda foi o reconhecimento oficial pelo Estado da dívida de R$ 208 milhões com os municípios, referentes aos repasses não feitos pelo governo anterior em 2014. Os valores deveriam ter sido pagos no ano passado para custear as equipes do SAMU, UPAs, Farmácia Básica, Programa Saúde da Família, entre outros.
-
Os dois pleitos feitos pela Famurs sobre a dívida do governo anterior não foram acolhidos pelo secretário Feltes. Os prefeitos pediram o pagamento imediato de R$ 45,7 milhões, referentes aos valores devidos do mês de dezembro às prefeituras, e o parcelamento do restante da dívida (162,3 milhões) em até seis parcelas, desde que até o final deste ano. Feltes respondeu que a demanda é legítima, mas que ainda não pode se comprometer com a quitação deste montante, nem de forma fragmentada.
“O Estado vive um momento financeiro dramático e é por isso que a Secretaria da Fazenda vai se reger pelo regime de caixa. Eu seria irresponsável se desse um prazo sem ter a certeza de que poderei cumpri-lo adequadamente”, disse o secretário. Feltes, contudo, não descartou o pagamento dos atrasados. “Com certeza haverá de chegar o dia que que de forma parcelada poderemos pactuar e resgatar este passivo que fica”, observou.

--

DESCANSO NO CALORÃO

Agora é oficial. Os mais de 130 mil trabalhadores que fazem parte da base territorial do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (STICC) já tem mais uma garantia para se proteger do forte calor que atinge o Rio Grande do Sul. Já está em vigor o Termo de Compromisso Entre Sindicatos – Redução do Stress Térmico em Canteiros de Obras, redigido em parceria com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil no Estado do Rio Grande do Sul (SINDUSCON-RS).
O acordo entre as duas entidades estabelece regras emergenciais a serem seguidas pelas empresas, visando a redução dos efeitos do chamado stress térmico ou sobrecarga térmica suportada pelos trabalhadores expostos diretamente ao sol do verão no estado. Entre outros itens, o texto determina os períodos de descanso de acordo com a temperatura, a partir de 34 graus.
-
O respeito das entidades com o trabalhador também é o principal ponto a ser ressaltado, de acordo com o secretário-geral do STICC, Gelson Santana. Para o dirigente, este é o primeiro passo na busca por melhores condições de trabalho durante o verão. “Como esse acordo é temporário, vamos lutar para que, no próximo ano tenhamos a NR15, anexo 3 – que trata do calor – seja regra. Porque para nós, o calor não é legal”, revela.
“Quando o calor é intenso, todos devem ter direito a um período de descanso e hidratação. Ao menos é o que rege o bom senso”, salienta o presidente do Sinduscon-RS, Ricardo Sessegolo. Infelizmente, isso não é o que se encontra na prática. “Por conta disso, as entidades se uniram para difundir tanto para os trabalhadores quanto para os empresários que é desumano trabalhar em temperaturas elevadas, somado ao esforço físico exigido na construção civil”.
-
O “Compromisso entre Sindicatos” é válido durante o verão de 2015 (até 31 de março) e será aplicado nas 25 cidades em que o STICC atua: Porto Alegre, Canoas, Gravataí, Guaíba, Cachoeirinha, Santo Antônio da Patrulha, Barra do Ribeiro, Alvorada, Nova Santa Rita, Camaquã, Tapes, Cerro Grande do Sul, Arambaré, Sentinela do Sul, Cristal, Amaral Ferrador, Dom Feliciano, Mariana Pimentel, Sertão Santana, Eldorado do Sul, Charqueadas, São Jerônimo, Arroio dos Ratos, Butiá e Glorinha.

--

ESCOLINHA ZH - 2

No CP.

Recebo:

Correio do Povo de hoje (30.01), página 12. Veja o título da matéria

“Susto na Alfândega – Engraxate escapa de árvore”
-
Pergunto: Será que na Praça da Alfândega agora tem árvore correndo atrás de pessoas?

--

LEO IOLOVITCH, DO NA NUVEM

No www.olivronanuvem.com.br.


OS TEMPOS ERAM OUTROS

Ele ficava na calçada olhando para a sacada da casa dela. Os tempos eram outros. Ela afastava suavemente a cortina da porta e olhava para a rua. Ele sentia que ela iria aparecer e ficava ansioso. Os tempos eram outros. Passavam-se alguns minutos e ela saía. Simulava procurar alguma coisa, lançava um olhar rápido para a rua, apenas para certificar-se que ele estava lá. Ajeitava o cabelo, jogando-o para trás e retornava para dentro. A cena durava pouco. A sacada permanecia deserta e ele seguia olhando para lá. Os tempos eram outros.

Sucediam-se os dias, o roteiro poderia mudar em alguns detalhes, mas era como uma repetição. Se fossem contados os períodos, daquela contemplação da sacada esperando pela aparição dela, seriam muitos minutos, algumas longas horas. Porém, os tempos eram outros.

Nem Romeu, nem Julieta. Nem o balcão de Verona. Nem Capuleto, nem Montecchio. Apenas aquele desejo ardente de vê-la, sem que ela permitisse algo mais que aquela contemplação. Na rua ele não conseguia abordá-la, fosse pela companhia da mãe, fosse pela presença de terceiros, fosse principalmente porque ela não deixava. Talvez tivesse medo. Do que? Hoje não é fácil entender, pois os tempos eram outros.

Famílias diferentes. Idades diferentes. Interesses um pouco diferentes. Para ele a conquista, o desejo, quase um misto de sonho e realidade. Para ela o mistério, a incerteza, o gozo secreto de manter intensa aquela obsessão dele, que o contato poderia desfazer ou diminuir. Além disso, a explícita restrição familiar tinha um peso decisivo. Os tempos eram outros.

Tomado de coragem bateu na porta da casa. Foi rechaçado pela família. Tentou contato na rua, mas ela não quis conversar. Apenas disse não e seguiu caminhando. Ele insistiu, ela baixou a cabeça e apressou o passo. Ele ficou parado, enquanto ela se afastava. Teve a impressão que, já mais longe, virou-se e sorriu. Talvez fosse apenas sua vontade, mas incendiou seu coração.

Então ela foi embora. A casa foi vendida, pois ali seria construído um edifício. Várias vezes ele voltou lá, onde não morava mais ninguém, olhando para o mesmo local, sonhando ver seu corpo entre a balaustrada.  Quando começaram a demolição, falou com os operários para que não quebrassem aquelas colunas da sacada, pois queria levar de lembrança por razões sentimentais. Deu uma gorjeta a eles e levou um daqueles pilares consigo.

Alguns anos depois, mandou fazer um abajur usando aquele pedaço da sacada como base. Assim, passado tanto tempo, cada vez que liga a lâmpada, acende também a antiga paixão e volta a lembrança dela.  Pensa no que não aconteceu e no que poderia ter sido. Que pena. Os tempos eram outros.


Quinta, 29 de janeiro de 2015



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





ponto do paraíso



EXCLUSIVO!!



HERDEIRO DE MILIONÁRIO QUER
DEBUTAR NUM CLUBE DE PORTO ALEGRE - 4


A história do guri que queria debutar num clube social de Porto Alegre começou a ser contada na Segunda, 26 de janeiro de 2015.
-
Final do capítulo anterior:

No mesmo dia, ele participou de dois programas de debates e anunciou que iria adotar uma guria, abandonada pelos pais e moradora de rua. Recebeu muito elogios.
Chegou tarde em casa. Tirou a roupa na sala e atirou-se numa poltrona depois de ligar a TV.
Não conseguiu descansar 10 minutos.
Levou um susto e saltou:
- O que é isso?
E o filho:
- A Rô chegou!
- Como assim, quem é Rô? Será que o meu filho foi curado e trouxe uma mulher pra dentro de casa?
- Papi, sou eu, seu filhinho querido!
- Meu Deus, guri! Tu me enganou! Pensei que fosse mesmo uma guria!!
- É, papi, por isso que disse que a Rô chegou, a sua filha adotiva.
-
Em casa, o guri sempre estava travestido de Rosângela. Quando saía, em compensação, seus trejeitos, que tanto irritavam o pai, diminuíram consideravelmente. Um guri como qualquer outro adolescente.
Foram levando a vida e o pai até gostava de conversar com a Rosângela.
Quando chegava em casa à noite, era recebido pela guria:
- Boa noite, meu novo papai!
- Boa noite, querida Rô!
-
Até que chegaram os documentos da Rosângela.

Continua amanhã.

--

MPT ANUNCIANTE X RBS INFRATORA

Leram ontem a notinha "ROUSSEFF X RBS"?
Pois é, o Ministério Público do Trabalho verificou o "desvirtuamento da relação de emprego pela determinação de criação de pessoa jurídica por trabalhadora cujas atividades eram prestadas de forma habitual e com subordinação, estando vinculadas às necessidades essenciais da tomadora do serviços".
Quer dizer, o MPT sacou que a RBS manda os funcionários, novos ou não, criarem empresas para serem contratados.
-
O mais interessante é que o MTP tem uma propaganda na Rádio Gaúcha dando uma aula de tudo o que uma empresa não pode fazer.
-
Hahahahaha!!!!

--

A SALVAÇÃO DO MUNDO

No Sensacionalista:

ONU usará bunda de Paolla Oliveira
pra conseguir a paz mundial




Por volta de onze da noite de ontem, uma luz de esperança surgiu para o mundo, na forma de corpo de mulher. Uma das protagonistas da série Felizes para Sempre da TV Globo, na pele da prostituta Danny Bananinha Bond, Paolla Oliveira mostrou a boa forma e o corpão conseguidos com muita dieta e ginástica. Sua bunda foi a sensação das redes sociais. Homens e mulheres caíram a seus pés. Como resultado, a cópula cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) já está cotactando a atriz para uma missão internacional.
“Esperamos que a visão das nádegas perfeitas de Paolla mostrem ao povo das regiões que estão em guerra que Deus existe, é um só e somos todos irmãos”, diz Johnny Muller, um dos porta-vozes da entidade. “Achamos que Paolla também poderá resolver os problemas da camada de ozônio e a seca em São Paulo”, afirma.




--

UMA BOA NOTÍCIA

O amigão Marko Petek  conta:

Yess, a partir de hoje, quarta, sou parte da Colaboração Linea, um grupo de Universidades e Observatórios internacionais criando infraestruturas de software e hardware para o processamento dos enormes volumes de dados que a astronomia gera hoje em dia. É bárbaro estar de volta ao contexto da física, após a experiência no Cern, tendo um papel muito legal.
Astronomia é a mais antiga paixão da minha vida e poder trabalhar em conexão com ela é um sonho se tornando realidade.

--

MAIS UM DA FUNDAÇÃO PIRATINI

Funcionários da TVE e FM Cultura divulgam "manifesto à população". Decidiram se manifestar sobre algumas questões, "em um contexto onde surgem tentativas de jogar a responsabilidade pela crise financeira do Rio Grande do Sul no conjunto do funcionalismo público, absolvendo os privilegiados que ocupam altos postos no Estado e fora dele".

--

ESCOLINHA ZH

No NH:

(clica em cima que amplia)




--

ÁGUA



Se os governos da região Sudeste do nosso país fossem honestos bancariam a abertura de poços artesianos. O maior número possível. Não apenas em áreas rurais, mas nas cidades. As pessoas usariam a água estatal e a do poço. Uma baita economia.
Mas, não. ficam só na cascata.
-
Em Oeisis a água é da Corsan. Mas temos um poço artesiano. A água não é nenhuma brastemp, mas apenas não usamos para beber.

--

OFICINA EM SÃO PAULO

Será realizada nos dias 7 e 8 de março em Avaré (SP) a primeira edição do ano da Oficina de Fotografia da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O curso ocorre durante a Exposição Morfológica passaporte, que ocorre nestas datas no município. Diferente da edição anterior, realizada em Pelotas (RS), que contou com as modalidades 1 e 2, a expectativa que a partir de agora sejam ofertados três módulos.
Conforme a gerente de Comunicação e Marketing da entidade, Maysa Maciel, o objetivo das oficinas fora do eixo sul é a formação de mão de obra qualificada para trabalhar nos eventos da região, que estão crescendo em número e participação de animais nos últimos anos. "Com isso, os Núcleos de Criadores estarão terão mais profissionais com experiência na área para produzir materiais em seus eventos", salienta.
Maysa afirma que o curso trará experiência aos participantes, que poderão começar a desenvolver técnicas mais aperfeiçoadas de fotografia animal e fotografia desportiva, o que abre um grande leque de experiências em suas carreiras. A oficina será ministrada pelos fotógrafos Felipe Ulbrich e Eduardo Rocha, profissionais com ampla experiência na fotografia do meio rural. Além da parte teórica, na qual serão estudados os princípios básicos da fotografia e a lida com os equipamentos, a oficina terá ainda atividades de campo, nas quais os participantes poderão exercitar a arte do registro de imagens na prática.
Informações e inscrições no www.cavalocrioulo.org.br.

--

SUGESTÃO AO PREFEITO

O jornalista Clovis Heberle escreve:

Caro prefeito Fortunati
Li hoje uma declaração sua de que a "trincheira" da avenida Ceará, junto ao aeroporto Salgado Filho,  está entre as obras da Copa mais complicadas, e que não há previsão de conclusão.
Como aquele nó que os gênios da EPTC inventaram para contornar o canteiro de obras - abandonado há meses - é uma tortura para quem entra ou sai da cidade pela zona norte, peço que a avenida Farrapos seja liberada ao tráfego, pelo menos durante o dia,  até que as obras recomecem para valer.
A população agradece.

--

O SOL DEU UMA TRÉGUA

Depois de muitos dias, ontem só tivemos sol pela manhã. Na tarde, muitas nuvens e até caiu uma chuvinha mixuruca, que trouxe um baita calorão. Hoje, chuvão. E as minhas duas opções de 3G foram pras cucuias.
Mas até terça, a coisa estava assim: sol sem nuvens, brisa, mar limpíssimo e morno, ondas fracas - sempre bandeira amarela.
Olha:










--

PARA QUEM ESTÁ NO LITORAL NORTE





Para quem está na região, vale a pena dar uma chegada na principal praia do RS, Oeisis International.
O Copacabana Bar  fica quase duas quadras do Centrinho de Oeisis.
Na rua Bem Me Quer, 800.
Na sexta e sábado, às 21 horas se apresenta o Mario Bossanova.


Quarta, 28 de janeiro de 2015



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





ponto midiático especial




ROUSSEFF X RBS


Quando escrevo sobre a contratação de funcionários como pessoa jurídica na RBS, muita gente escreve alegando que estou errado, viajando. Inclusive mostrei que muitos funcionários, com carteira assinada, têm seus contratos transformados dessa forma - a RBS contrata uma empresa e assim não precisa pagar as tais vantagens trabalhistas.
Agora, está aí para os "entendidos" em RBS.
A procuradora do Trabalho Paula Rousseff Araujo, filha da presidente e do ex-deputado Carlos Araujo, vai na pleura da irregularidade:

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 
Procuradoria Regional do Trabalho da 4ª Região 
PORTARIA COORD-1 Nº 78/2015, de 27 de janeiro de 2015. 

A Procuradora do Trabalho subscrita no uso das atribuições legais e 
institucionais que lhe são conferidas pelos artigos. 129, inciso III, da 
Constituição da República de 1988, 6º, inciso VII, e 84, inciso II, da 
Lei Complementar nº 75/93 e 8º, parágrafo 1º da Lei nº 7.347/85; 
considerando os termos do acórdão proferido pela 7ª Turma do 
Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região no processo 
nº 0000177-85.2011.5.04.0019, movido contra a 
RBS - ZERO HORA EDITORA JORNALÍSTICA S.A., indicando que foi 
verificado o desvirtuamento da relação de emprego pela determinação 
de criação de pessoa jurídica por trabalhadora cujas atividades eram 
prestadas de forma habitual e com subordinação, estando vinculadas às 
necessidades essenciais da tomadora do serviços; considerando que a 
Constituição da República atribui ao Ministério Público a defesa da 
ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e 
individuais indisponíveis, estabelecendo que, dentre outras, é 
sua função institucional promover o inquérito civil e a ação civil pública, 
para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e 
de outros interesses difusos e coletivos (arts. 127, caput, e 129, inciso III, 
da Constituição da República de 1988); considerando que ao 
Ministério Público do Trabalho compete instaurar inquérito civil e 
outros procedimentos administrativos, sempre que cabíveis, para assegurar a 
observância dos direitos sociais dos trabalhadores 
(art. 84, inciso II, da Lei Complementar nº 75/93), promovendo a ação civil pública 
no âmbito da Justiça do Trabalho, para a defesa de interesses coletivos, 
quando desrespeitados os direitos sociais constitucionalmente garantidos 
(art. 83, inciso III, da Lei Complementar nº 75/93); considerando a necessidade de 
aprofundar a investigação, com o objetivo de apurar os fatos denunciados; 
RESOLVE: 
I - Instaurar INQUÉRITO CIVIL contra RBS - ZERO HORA EDITORA JORNALÍSTICA S.A.
com endereço na Av. Ipiranga, nº 1075, Azenha, Porto Alegre, RS, tendo por objeto a 
apuração dos fatos denunciados e a busca de soluções administrativas ou de elementos 
para a propositura das medidas judiciais que se fizerem necessárias, visando à defesa da 
ordem jurídica e à proteção dos interesses que ao Ministério Público do Trabalho incumbe 
resguardar, fixando, como objeto do inquérito, os item 03.01.06 - Desvirtuamento de 
Pessoa Jurídica, do temário unificado do MPT. 
II - Determinar a formação dos autos de INQUÉRITO CIVIL, com a juntada desta Portaria e 
das peças que compõem a Notícia de Fato nº 000191.2015.04.000/6. 
III – Determinar a afixação dessa Portaria no local de costume dessa Procuradoria Regional do 
Trabalho da 4ª Região pelo prazo de 30 (trinta) dias, bem como sua publicação eletrônica na 
página desta PRT. 
IV – Nomear como Secretario para atuar no presente Inquérito Civil o Servidor Fernando Hampel. 

PAULA ROUSSEFF ARAUJO 
Procuradora do Trabalho

Processo no TRT0000177-85.2011.5.04.0019 (RO)
Procedência19ª Vara do Trabalho de Porto Alegre
Na autuação8 Volume(s) / 1511 Folha(s)
JuizDENISE PACHECO
Órgão julgador7a. Turma
RECTERBS - ZERO HORA EDITORA JORNALÍSTICA S.A.
ProcuradorCláudio Dias de Castro
RECTESONYARA THIELE
ProcuradorAndré Luís Soares Abreu
RECDOOS MESMOS
Vara do Trabalho19ª VARA DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE
Reclamante PrincipalSonyara Thiele
Reclamada PrincipalRBS Zero Hora Editora Jornalística S.A.



--




ponto do paraíso




EXCLUSIVO!!



HERDEIRO DE MILIONÁRIO QUER
DEBUTAR NUM CLUBE DE PORTO ALEGRE - 3






Ainda não leu esta notícia exclusiva?
A história do guri que queria debutar num clube social de Porto Alegre começou a ser contada na Segunda, 26 de janeiro de 2015.
-
- Tenho uma proposta pra te fazer e se não topares pode te mandar. Pode sair pelo mundo, como tu já disse.
- Sou todo ouvidos, caras e bocas!.
- Cara, pelo menos uma vez conversa como homem!
- Si, papá.
- Tu não tem  jeito, mesmo.
Acalmou-se:
- Vou conseguir uma nova carteira de identidade para ti. Tu vais virar uma guria, em alguns momentos.
- O quê?
- Cala a boca! Essa guria vai se chamar Rosângela, uma  maloqueira que resolvi adotar. Tu continuas sendo isso aí mesmo. A Rosângela vou apresentar para todos os nossos amigos, parentes e, antes, vou levar a guria para a madrasta conhecer. Aí quando tu chegas em casa, no colégio, em tudo que é lugar tu continuas fingindo que é homem.
- Papi, que ideia genial!! Eu quero, papi, eu quero ser uma menina! Nem me importo de ter que disfarçar, como um rapazinho. Mas a Rô não vai estudar?
- Neste ano, não. Vai ser um ano de adaptação à nova vida.
-
Na empresa o pai desesperado tem vários funcionários que fazem qualquer negócio por ele.
- Rapaz, quero que tu consigas uma carteira de identidade, CPF, no nome desta pessoa. Pega esse papel e some. Ah, se tiver uma certidão de nascimento melhor ainda. Cuida bem as datas, os nomes dos pais, o dia do nascimento.
- Patrão, o senhor é o pai dessa moça?
- Cala a boca e vai. Gasta o que precisar. Quero tudo perfeito.
-
No mesmo dia, ele participou de dois programas de debates e anunciou que iria adotar uma guria, abandonada pelos pais e moradora de rua. Recebeu muito elogios.
Chegou tarde em casa. Tirou a roupa na sala e atirou-se numa poltrona depois de ligar a TV.
Não conseguiu descansar 10 minutos.
Levou um susto e saltou:
- O que é isso?
E o filho:
- A Rô chegou!

Continua amanhã.

--

A PRETENSÃO DA RBS

Recebo:

Então, a RBS cobra R$ 19,90 quando passa do limite de 25 notícias??? O New York Times (o NEW YORK TIMES!!!!!!!!!!!) cobra US$ 0,99 quando se extrapola o limite de notícias. Um dólar é quanto? Dois reais e alguma coisinha...e a RBS cobra o que seria algo como uns 8 dólares (R$ 19,90)?! Tem mais é que falir mesmo! Imagina se dá pra pagar dois reais pro NYT, só um idiota mesmo pagaria 20 'pila' pra uma empresa jornalística daqui. O negócio é aprimorar o 'Dã búki izón dã têibou' e ler a chinelagem do NYT. Ah! Sem esquecer que a BBC não aderiu a esta de limitar o número de notícias que poderm ser lidas de seu website...

--

ESCOLINHA CLEO VENTINHO

Os meteorologistas que fizeram a previsão de "maior nevasca da história em Nova York", certamente, são alunos do Cleo Ventinho Kuhn, aquele mesmo que disse que o furacão Catarina seria "apenas um ventinho".

--

A COCA-COLA SÓ NA GAÚCHA?

Até o ano passado a Pepsi era um dos patrocinadores do futebol da Rádio Gaúcha.
A Coca patrocinava as demais rádios que transmitem futebol - Guaíba, Band e Grenal. Não era muito dinheiro, mas ajudava.
Ricardo Vontobel, o dono da Coca no RS, resolveu ir para a Gaúcha e ainda  está nas outras três. Mas tudo indica que vai cortar.
O mercado estima que o patrocínio mensal da Coca na Gaúcha deve ficar em torno de 90 mil reais.

--

O "PREÇO" DA FAMA




Recebo:

Sabes quem é o gordinho ao lado do “teu amigo” Mota nessa foto? É o Sr. Marcelo Mendes Ventimiglia. Se não lembras, ele é o tal sobrinho no policial Nilson Anelli e foi baleado (levou 2 tiros e continua internado) naquele churrasco em Tramandaí, onde foi morto o traficante Alexandre Madeira, o Xandi.
Obs: Essa foto está na página do Marcelo no Facebook.
-
Olha o trecho dessa matéria do Zero Hora:

Marcelo Mendes Ventimiglia, 31 anos, foi baleado no tiroteio em que foi morto Xandi, em Tramandaí, no dia 4, e segue hospitalizado. Na primeira versão dos fatos, Aneli disse ter sido chamado ao local para socorrer o sobrinho baleado. Depois, surgiu a versão do convite para trabalhar naquele fim de semana.
Ventimiglia teve prisão decretada e deve ser transferido para um presídio quando tiver alta. Em razão das condições pes­soais e de saúde dele, o advogado Procópio de Lima Filho solicitou relaxamento da prisão ou autorização de prisão domiciliar:
– Ele pesa 230 quilos, tem dificuldade de locomoção. Levou dois tiros nas costas que atingiram rim e pulmão, teria que ter uma cama adaptada na prisão.
Em julho de 2013, Ventimiglia se tornou suspeito de assalto a um posto bancário em Balneário Pinhal, no qual um segurança e dois gerentes foram usados como reféns para a fuga.
Em março de 2014, foi preso por isso a pedido da Delegacia de Roubos do Deic. Ganhou liberdade provisória e segue respondendo ao processo criminal.
Ventimiglia trabalhava na produtora de eventos Nível A, cujo um dos proprietário era Xandi. Segundo o advogado, seu cliente atuava como segurança de artistas, por ser “grande, gordo e careca”.
-
O que o Alexandre Mota tem a ver com esta figura?
Nada.
Assim como outros famosos tiram centenas de fotos semanalmente.

--

RIDÍCULO

Mas é ótimo para as TVs.
-
Escreve o jornalista Flávio Dutra:
A Petrobrás continua queimando nossa grana, agora com uma campanha publicitária para fazer contraponto às denuncias de corrupção na empresa. Estratégia simplória.

--

ESCOLINHA ZH

(clica em cima que amplia)




--

APOSTO

O Governo do RS estuda o que fazer com 20 fundações, 11 sociedades de economia mista e nove autarquias que tem  vínculo com o Estado. Muitas são meros cabides e não fazem nada.
Sabem o que vai acontecer?
NADA!

--

O HISTÓRICO TROTE NO PAULO PAGODINHO

Para quem não ouviu o trote que transformou o Paulo Sant'Ana em Paulo Pagodinho, o link é esse:
http://atl.clicrbs.com.br/pretinhobasico/2015/01/27/ouca-agora-o-trote-proibidao-no-santana-que-foi-vetado-e-quase-levou-a-demissao-do-duda-garbi/
-
No meu livro 10 Anos às Ganhas - Uma Década do previdi.com.br  tem toda a história.

--

A SÍRIA É AQUI

Nesta madrugada, 7 assassinados no RS.
Nesta manhã, 7 mortos num acidente em Santa Maria.

--

ALIÁS

Recebo do Eduardo Escobar:

Olha essa da Rádio Gaúcha:
7 assassinatos, mas no texto são 6 assassinatos e um homem que morreu carbonizado.
Será que é uma SUSPEITA de assassinato?
Hahahaha



Terça, 27 de janeiro de 2015



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





DUAS OPÇÕES DE 3G. POUCO ANTES DAS 11 HORAS, NENHUMA FUNCIONOU. ATÉ AGORA.




ponto midiático especial



FAMÍLIA MARINHO É A NOVA SÓCIA DA RBS?

Recebo:

Você tem notado que não tem mais recebido noticias de bastidores da RBS?
Você sabia que as demissões continuam, que a cada dia, 10, 15 "colaboradores" são demitidos?
Bom, vamos aos fatos:  desde que você divulgou no ano passado as noticias das demissões, que os poderosos ficaram enlouquecidos. Agora, proibiram que seja acessado o seu site nos computadores da RBS - e, mais, proibiram também que seja enviada qualquer informação para você.
Todos os computadores da RBS estão sendo conferidos diariamente, e até mesmo o acesso ao wifi, que e aberto a funcionários e visitantes está sendo controlado.
Ninguém pode acessar ou te enviar qualquer informação sobre pena de ser demitido - não que isso não vá acontecer, né?, porque estão demitindo todo o mundo lá dentro.
Agora, como a RBS foi obrigada pela Rede Globo a veicular a programação nacional e tirar do ar os programas locais, mais um monte de pessoas estão sendo dispensadas diariamente, só que em doses homeopáticas, para não ter a divulgação anterior. Esta informação pode ser confirmada facilmente, basta entrar em contato com o sindicato dos jornalistas, radialistas, jornaleiros, gráficos...
Enfim, é facil de conferir.
-----
Ainda sobre a RBS: como estava com uma divida enorme, um novo investidor entrou com grana. Sabe quem é? A família MARINHO.
-----
Na Rádio Gaúcha o Ciro Martins continua pisando na cabeça das pessoas, e ninguém pode fazer nada.
Não posso falar mais para não ter perigo de ser descoberto, mas se você quiser checar estas informações verá que todas elas são verdadeiras.
--

Família Marinho na RBS? Alô Luiz Cláudio Cunha!!



--



ponto do paraíso




EXCLUSIVO!!


HERDEIRO DE MILIONÁRIO QUER
DEBUTAR NUM CLUBE DE PORTO ALEGRE - 2






Vamos recapitular.
Um milionário porto-alegrense, muito conhecido, casado, um casal de filhos. O empresário tinha pretensões políticas, mas está muito desiludido com sua vida familiar, especialmente com seu filho. Não admite o filho fazer vestibular para uma faculdade de designer de moda, ter como ídolo o Luan Santana e falar "em falsete", como diz. Agora, está insistindo em debutar e já avisou à família que vai "sumir no mundo" se o seu desejo não se concretizar. Pode ser num dos três clubes em que são associados, junto a todas as meninas. Uma festa de debutantes, tradicional, e ele com um vestido rosa ou branco.
Na mansão, de 1.200 metros quadrados, próximo ao Country Club, o empresário está morando apenas com o filho e cinco empregados - a esposa está numa clínica "de repouso" e a filha não virá dos Estados Unidos neste ano. Pensou muito, durante três dias. Chamou o filho-debutante e propôs:
- Guri, sei que estás determinado. Queres debutar e ponto.
- Isso, papi.
- Não me chama de papi, porra!!
- Ai!
- Tenho uma proposta pra te fazer e se não topares pode te mandar. Pode sair pelo mundo, como tu já disse.
- Sou todo ouvidos, caras e bocas!.
- Cara, pelo menos uma vez conversa como homem!

Continua amanhã.

--

DONA SÔNIA, MINHA ÍDOLA DE OEISIS!




Ela tem uma boa casa, na avenida principal de Oeisis International, a avenida Ivo Schneider.
Resolveu, logo que comprou a casa, adotar um cachorro que vagava pelas ruas.
E aí foi acolhendo outros - pequenos, grandes, velhos, novos e até um  que não tem uma perna.
Hoje, são 20. E chama todos perlo nome - e todos a  obedecem. É impressionante.
Durante a semana ela passeia pelo quarteirão e passa em frente a nossa casa.
As vezes ela espera os retardatários.
-
Os 20 cães têm cama ou casinha e dormem numa  sala com ventilador de teto. Recebem sempre a visita de um veterinário ligado a uma ONG. Os pratos estão sempre com ração. Muita água.
Detalhe: os dois portões da casa da dona Sônia estão sempre abertos.






--

A "GORDINHA" DE CANGUÇU




Gordinha é elogio. A Vanessa Braga, que concorreu ao Garota Verão, está muito acima do peso que seria normal para uma guria de 14 anos. Está gorda e se não se cuidar logo vai ter algum problema de saúde. Não é exagero meu, os gordos, com o passar do tempo, sempre sofrem com alguma sequela.
Ouvi e assisti muitos elogios a ela, por ter concorrido no concurso, feito para adolescentes magricelas.
Sei lá, mas iria gostar dela se dissesse algo assim:
- Neste ano não deu, mas vou fazer um baita regime e no ano que vem vou entrar em todos os concursos de beleza!
-
Assisti parte do desfile do Garota Verão deste ano em Oeisis. Foram 31 candidatas. No mínimo, 25 eram magricelas; daquelas que não tem nenhum "atrativo", até pela tenra idade; as demais, projetos de gostosinhas.
Mais ou menos como isso aí:


-
O que a Vanessa estava fazendo lá?

--

ÁGUA VIVA?

Recebo:

Água Viva nas nossas praias? Água Viva é a puta que pariu! É Mãe D'Água!  Água Viva está para a Mãe D'água assim como morrer está para entrar em óbito.

--

DO TEMPO EM QUE A RÁDIO GAÚCHA ERA TOP

Claro, do tempo em que o plenipotenciário não "entendia" de rádio:

(clica em cima que amplia)



O detalhe do texto:



--

PRA ENCERRAR

O jornalista Klecio Santos, que foi editor-chefe da sucursal do Grupo RBS em Brasília, será o coordenador de comunicação do gabinete do senador Lasier Martins, em Brasília. Também estará com o Klecio a jornalista Flávia Oliveira.


Segunda, 26 de janeiro de 2015 - parte 2



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





ponto especial




FALA MARRECA!!


Marcus Fabio Copetti escreve:


Quando o grito ecoava na sala de imprensa da Assembléia Legislativa (do Rio Grande do Sul), todos sabiam que era hora de se calarem ! Era o código tão pouco secreto quanto polido do interlocutor receber uma chamada pelo telefone vermelho. Não, não era o Batman, mas o governador do Estado entrando em contato com o Terlera. Os poderosos ligavam com muita frequência ao setorista da Zero Hora e todos eram atendidos com aquela deferência que assustava os novatos. Não sei se o telefone vermelho ainda existe. Não faz diferença alguma agora que João Carlos Terlera nos deixou...
Terlera foi um jornalista importante num momento importante da Política brasileira. Responsável por uma coluna política no maior jornal do RS, era lido com ansiedade todas as manhãs. Sei que teve carreira antes da ALRS, mas conheci aquela figura magra e “elétrica” apenas no subsolo do prédio do parlamento gaúcho. Foi em 1984. Vivi também alguns anos ao seu lado, um pouco amigo, um pouco colega. Para gente jovem, resumiria que teria a força de um William Bonner (riograndense) mas na área escrita.
Contudo, sem exibir um milésimo da aparência do jovem apresentador global. Desprovido de grande parte dos dentes, Terlera rejeitara 4 dentaduras em oito anos, preferindo ser avaliado pelo punho que retratava uma época turbulenta, anos de chumbo com preferem alguns, ou de extremos avanços, saudados por outros que agora vi, prestando suas homenagens diante de seu último leito.
“Oh, Terlera? Cadê aquela dentadura que o deputado X te deu? - Joguei fora!! Só me incomodava”, dizia entre gargalhadas.. E foram quatro presentes que dispensou, construindo uma imagem propositadamente dúbia: amigo dos poderosos da Revolução, solidário com quem fizesse oposição inteligente.
Um piadista permanente. Não esqueço de quando motorista do então deputado Guilherme Fips Schneider bateu no vidro da janela externa da Sala de Imprensa da ALRS com uma enorme cesta de vime, repleta de “brindes” para o colunista. Acontece que, por causa do sol, o vidro era espelhado externamente e todos dentro viam perfeitamente o esforço do Juarez para transferir pão de milho, cuca, schimier e nata através de uma pequena abertura. O sigiloso ato (para o Juarez) era acompanhado por abafados sorrisos de todos os jornalistas. Juarez não percebera que a limitação de visão era apenas sua e fazia com discrição a tarefa de agradar Terlera. Este, aumentando a balbúrdia, gritava sem parar: “Eu já falei 10 vezes para o Fips que não gosto de nata. Só queshmier!! Como é difícil pra esse pessoal do Vale do Sinos entender que não gosto de nata!!”' E repartia muitas vezes o butim entre os colegas de sua pequena saleta, repetindo toda a pantomima.
No lado profissional, poucas pessoas tiveram tantas fontes de informação quanto Terlera no âmbito político. Poderoso quanto o meio de divulgação, era assediado diariamente pelo escalão mais alto da política gaúcha. Ser isento é algo que nunca exigi dele, mas também não posso atribuir qualquer grande pendor pelo exagero.
De setorista num jornal, acabou “se efetivando” na Assembléia, mas isto numa etapa onde já mais não convivi com ele fisicamente, mas voltei a ler seus comentários nas páginas do Jornal ABC Domingo. Novos tempos, novas tecnologias, mas sua vasta rede de informações ainda proporcionava notícias que poucos sabiam. Não era mais o Midas, nem por isso adotou um partido ou uma bandeira para defender. Foi João Carlos Terlera até esta sexta-feira.
Em 2007, a nova sala de imprensa da Assembléia ganhou seu nome. Não mais no subsolo, mas ao lado do hall de entrada da Casa dos Gaúchos, ela traz área de TV, espaço para Internet e mídias sociais. A rádio está junto, reproduzindo também o que fazem os parlamentares gaúchos. Uma justa homenagem, com o mais antigo profissional do setor. E ali, no espaço que leva seu nome, a gente se despediu...
Bons tempos aqueles onde homens discutiam Política. Não concediam honrarias levianamente. Não se entregavam por um cargo na administração. Iam para a Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul sem a certeza do amanhã, até porque faziam o agora.
Foi um prazer te conhecer, J.C. Terlera!!


Segunda, 26 de janeiro de 2015



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com





ponto da retrospectiva




O MELHOR DA ESCOLINHA ZH EM 2014 - 4



JULHO 2014




NO CLICRBS - Genial!!






FIM DE SEMANA MARAVILHOSO!!- No Zero Hora online:

(clica em cima que amplia)







NO FINALZINHO DE DOMINGO - Nele, claro, no ZH online. Meus sais!!!!

Baleado

Jovem é morto em suposto assalto no bairro Petrópolis, na Capital

Edison Rupp da Cunha, 20 anos, foi atingido por tiro na cabeça

(...) dois ou três homens se aproximaram de um grupo com cerca de 20 jovens que estavam na via, perto de um Siena, que estava aberto. Um dos assaltantes teria perguntado pelo dono do veículo.
O estudante Edison Rupp da Cunha, 20 anos, morador do Rubem Berta,teria levado um disparo na cabeça ao se mexer, após receber a ordem para passar as chaves do carro, segundo testemunhas. Ele morreu no local.
Os assaltantes fugiram sem levar o veículo. As investigações estão a cargo da Polícia Civil, que não descarta a possibilidade de homicídio.





No ZH papel:






ISSO SÓ PODE SER BRINCADEIRA - Na capa do ZH online, ontem:






OLHA ESSA - Genial!!





A ÉTICA DELES - Recebo:
Grande parte os funcionários da RBS trabalham uma hora a mais por dia a título de um "suposto intervalo" que ninguém faz. O cartão bate automaticamente enquanto o pobre continua trabalhando. Em outras palavras: uma hora extra de graça, todos os dias.
--
REVISÃO? EDITOR? NÃO PRECISA!! - No poderoso ZH de ontem:

- Estou sempre feliz - disse, lacônico e sorridente, entrando para dentro de casa.  
 Duvida? Confere aí:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/noticia/2014/07/nao-sei-de-nada-desconversa-dunga-sobre-a-selecao-brasileira-4556552.html



A PROPÓSITO - Leia o que o jornalista Mário Marcos de Souza escreveu sobre a morte do colega e amigo Emanuel Matos:
 O Emanuel Mattos, velho amigo, parceiro e incentivador da nossa Confraria, era um daqueles profissionais hoje raros no jornalismo, formado na dureza das redações sem internet. Completo. Fazia de tudo, da reportagem à edição, até porque era assim a formação dos profissionais. De estagiário a secretário de Redação. E sempre com competência. Aprendia e ensinava. Morre cedo. É uma notícia devastadora para esta sexta-feira.
--
A COMPETÊNCIA DA CHEFONA MARTA - No clicRBS. Durante TODO o final de semana na capa:


--
JORNALISMO DE QUALIDADE DO ZH - Na capa do ZH online, domingo:







JÁ É UM TÍTULO!! - No ZH, é claro!!

GREGO CONTEMPORÂNEO

Opinião: Tragédia de Dimítris Dimitriádis dispensa verossimilhança e contexto






CADA VEZ MAIS ASNEIRAS, CADA VEZ MAIS ERROS CRASSOS!!
Ontem publiquei isso:
NÃO TEM JEITO? - Tem sim. Jornais, rádios, TVs e "portais", TODOS, não dão a menor bola para qualidade. Já tentei não destacar mais os absurdos diários que leio e escuto, mas é impossível ficar quieto. Todos os dias as bobagens aumentam.
A solução é simples: contratar experientes jornalistas com um razoável conhecimento da nossa língua. Algo como uma mistura de revisor com copidesque. Um sujeito que possa dizer: "Isso aqui não dá! Refaz!". Como um editor que, hoje, parece, não existe mais ou sabem menos do que os redatores.
Claro que devem ter dito que sou um implicante, que não sei nada, que a gurizada é boa, tal e coisa.
Aí vejo este absurdo no Zero Hora de ontem.
Deleite-se:

(clica em cima que amplia)

cuidem o horário em que foi postada a idiotice do "editor" - "...fica há três quilômetros...".


Aí está o horário que fiz o print screen:

O mais interessante é que o repórter ou redator escreveu certo: "...fica a cerca de 3..."






QUEREM MAIS? - Aí está:

Genial! Criativo! http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/casa-e-cia/noticia/2014/07/projeto-de-cafeteria-em-porto-alegre-alia-decoracao-ao-ritual-do-cafezinho-4546280.html

Projeto de cafeteria em Porto Alegre alia decoração ao ritual do cafezinho
Mobiliário com referências barrocas e peças decorativas integram o projeto




PRECISÃO É PRIORIDADE - Hoje, 9 horas.






EXTRA!! CRIATIVIDADE TOTAL! - Foi nesta semana:

ZH:

Batman completa 75 anos cada vez mais na moda

CP:




SE PERDERAM - No Zero Hora online, ontem, s 18h30min. Repito: as duas no mesmo horário.
Na capa

Trânsito interrompido

Pelo menos 17 estradas têm pontos bloqueados

-
Também na capa:
-
Uma das matérias:

Já chegam a 19 as estradas com bloqueio devido à chuva no Rio Grande do Sul

-
A outra matéria:

RS tem 17 bloqueios em estradas em função da chuva no RS




--



ponto do paraíso




EXCLUSIVO!!


HERDEIRO DE MILIONÁRIO QUER
DEBUTAR NUM CLUBE DE PORTO ALEGRE






É o desejo de um guri, que em junho desse ano faz 15 anos. Ele quer debutar num dos três clubes em que sua família é associada, em Porto Alegre. Mais: o adolescente quer usar um vestido exclusivo do estilista Rui Sphor.
O pai é um conhecido milionário da cidade e seguidamente é entrevistado pelas rádios e TVs. Ralou muito, honestamente, para construir sua fortuna, estimada em meio bilhão de reais. É casado há 20 anos com uma bela mulher e tem dois filhos:uma guria, de 18 anos, que estuda nos Estados Unidos, e de um guri, que estuda num tradicional colégio da capital gaúcha. Desde muito pequeno, gostava de brincar com as bonecas da irmã e jamais teve aptidão para jogar futebol - o pai, conselheiro de um grande clube de futebol, tentou colocá-lo na escolinha, aos 10 anos, mas o menino tinha crises de choro antes de sair de casa.
O milionário tinha pretensões políticas, mas está muito desiludido com sua vida familiar, especialmente com seu filho. Com formação tradicional, de uma típica família alemã, ele não admite o filho fazer vestibular para uma faculdade de designer de moda, ter como ídolo o Luan Santana e falar "em falsete", como diz. Agora, está insistindo em debutar e já avisou à família que vai "sumir no mundo" se o seu desejo não se concretizar. Pode ser num dos três clubes em que são associados, junto a todas as meninas. Uma festa de debutantes, tradicional, e ele com um vestido rosa ou branco.
"Quero ser apresentado a sociedade como sou", afirma.
A mãe iniciou o ano internada numa clínica "de repouso".
A irmã avisou que não virá a Porto Alegre neste ano.
Os avós, paternos e maternos, comunicaram ao casal, na noite de Natal, que estão apenas aguardando o fim dos dias.
O pai?
Depois conto.

--

MAIS DE 40 DIAS DE VERÃO COM MUITO SOL
E AINDA NÃO TIVEMOS UM "MAR DE NESCAU"






Está até cansativo.
Sol, brisa suave, mar limpíssimo e com temperatura agradável. Na maioria dos dias a bandeira é amarela - e vários dias com ondas para pegar jacaré.
Sugiro, honestamente, que continuem "AMANDO" Santa Catarina! Nada mais sensacional do que ficar mais de quatro horas em Laguna, engarrafamentos a qualquer hora em "Floripa", filas saudáveis em supermercados e padarias e pagando uma fortuna por qualquer refeição. Nada como uma boa gargalhada depois de ser explorado por um catarina!
Quanto mais gaúchos forem para o Estado vizinho melhor para quem fica nas nossas praias.

--

EVENTO

Organizado pelo Rafael Breda, está criado no Facebook, a página GANHAR MEDALHA DA DEP. (PT) MARISA FORMOLO.

--

NO CREA-RS

Um bom amigo, o engenheiro Melvis Barrios Junior. é, desde o início do ano, o presidente do CREA-RS.

--

ESCOLINHA ZH

No clicRBS:



--

DÓI NO OUVIDO

"Duas vítimas entraram em óbito".
Argh!!!

--

ESCOLINHA ZH - 2

Olha a concordância na página do Jornal Nacional:


--

ESCOLINHA ZH - 3

No CP online:

CEEE

Risco de racionamento deixa o RS está em alerta, diz presidente


--

FATO RELEVANTE

O vice-presidente da Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto, sem o tradicional terno e gravata. Ele mesmo, no meio, de BERMUDA!!



--

O PERFIL DE QUEM ASISTE A REALITIES

Recebo:

​Na semana de estreia do reality show de maior audiência da TV brasileira, o Big Brother Brasil, a Ipsos MediaCT divulgou uma pesquisa do perfil do público se interesse por esse tipo de conteúdo. Com a participação de 53 mil pessoas, o estudo foi realizado nos 13 mercados em que o instituto de pesquisas atua no Brasil.
As mulheres são a maioria do público espectador de reality-show: 61%, contra 39% de homens. Entre as classes sociais, os pertencentes à classe C correspondem a maior fatia dos fãs de reality. São 52%, enquanto 38% pertencem às classes A e B e 10% são membros das classes D e E. No quesito idade, os adultos são a maioria dos espectadores (49%), seguidos de jovens e adolescentes (35%) e de idosos (16%).
O Ipsos também mapeou as capitais do País que possuem mais fãs de reality shows. De acordo com o avaliado no estudo, os moradores de Brasília saem na frente, com 28% da população declarando que acompanha esse tipo de programa. Em segundo lugar ficaram os soteropolitanos, com 21% e, na terceira posição, com 20%, ficaram os paulistanos.
O instituto identificou, também, um hábito bem comum entre os espectadores de reality, que é o de assistir a TV realizando outras atividades. Enquanto assistem a programas do gênero, 63% das pessoas também fazem refeições; 38% dizem que conversam com outras pessoas e 23% falam no celular.