FIM DE ANO - 30, 31 e 1º de janeiro de 2014

EM OEISIS INTERNATIONAL,
QUANDO O SOL SE CANSA,
ELE SAI DE CENA ASSIM!



Quase sempre é assim.
Para não esquecê-lo.
E ele pode estar mandando um recado:
- Aproveita e dá uma pensada na tua vida!
Não é?
--
Vamos torcer para que nestes últimos dias do ano ele nos brinde com mais um espetáculo semelhante. Eu, pelo menos, não me canso de apreciá-lo.
Sempre que posso, quando se despede do dia, penso em algo que me diga respeito. Diretamente, é claro.
--
Agora, nestes dias, é legal ficar olhando e matutando.
Sobre o que aconteceu no ano e o que pode acontecer em 2014. Nada de grandes planejamentos, porque isso não funciona. Jamais.
Duas ou três coisinhas que queira fazer. Uma, quem sabe.
Se teve erros em 2013 é bom assinalar para não repeti-los.
Simples.
--
2014 de cinema.
Abraços e beijos.

Especial - 26 de dezembro de 2013

CADA VEZ MAIS
ACREDITO EM PAPAI NOEL!!
E NA BOTA VERMELHA DE PRESENTES!!

Excertos de um texto publicado no Natal de 2011. A mais pura verdade:

Fingia que acreditava na história do Papai Noel. Claro, para ganhar presentes. Tão cara-de-pau que chegava ao cúmulo de escrever, todo ano, uma cartinha com a relação de presentes. Sempre deu certo. Apenas em duas ocasiões não levei os meus pedidos.
Já era grandinho, mais ou menos 10 anos. Num ano pedi ao meu pai um Autorama da Estrela. Ele desconversou. No ano seguinte, uma bateria. Aí ele não apenas desconversou como deu uma risada. Muitos anos depois entendi e não pude brincar sobre o assunto com ele, porque o cara já tinha partido. Lembro que em relação a bateria chegou a murmurar:
- Não quero ter um Ringo em casa.
Já imaginou o inferno que iria se tornar o nosso apartamento com a garotada lá em casa, todo o dia para brincar no Autorama?
Ou eu tocando bateria?
(...)
Desde o primeiro Natal que lembro,  os presentes ficavam numa imensa bota vermelha, com um laçarote, ao lado da árvore e presépio. Ninguém se aventurava em tocar nela. Quando lotava, os presentes eram colocados ao lado.
O tempo passou, casei e tivemos o primeiro filho, o Guilherme. No Natal, o guri com 6 meses, a minha mãe veio do Rio e trouxe um presente para nós. O que era?
Acreditem, a bota vermelha!
Aí em todos os nossos Natais a bota vermelha esteve presente.

Ali está a bota, encostada na parede

E sempre foi essa festa, como está na foto. Guilherme e Gustavo querendo adivinhar o que tinha ali.
Era muito legal.
Antes, eu ficava com o Gustavo na sacada, cuidando o PN. E o Gui ao lado. Geralmente não tinha uma viva alma na rua, mas eu ficava ali, fazendo onda com eles. Até que tocavam na campainha e íamos correndo abrir a porta. E lá estava a bota vermelha e mais um monte de sacolas. Imagina a cara deles.
Pura felicidade.
--
É inexplicável a ansiedade que antecede a entrega dos presentes. Eu ficava a ponto de explodir! Acredito que por isso meus pais sempre atenderam meus pedidos de presentes. Tudo.
Quando meus filhos deixaram de ser bebês comecei a imaginar a ansiedade deles, naquele período que antecede a entrega dos presentes.A mesma emoção que sentia. Aí me desdobrava para dar todos os presentes que pediam. Sempre dei um jeito de comprar tudo que queriam. E a festa estava feita. Uma beleza!!

Ao fundo o tombo da Rute, que experimentava patins

Não existe na vida de uma criança, independente da classe social, momento mais emocionante. Duvido. A criança pobre sabe que não vai ganhar o que deseja, mas não deixa de sonhar - vai que o PN existe, mesmo. As crianças classe média sabem que vão ganhar presentes, que os pais, avós e demais parentes vão aparecer com surpresas, mas a ansiedade é grande para saber o que vai ganhar.
Aí, meus amigos, eu me sentia um Papai Noel de verdade no momento em que tirava da bota vermelha os presentes e dizia para quem era.
Um negócio muito legal.
--
Pra encerrar.
Coloquei na pesquisa da minha poderosa máquina "Natal".
Meu Deus, apareceu um texto do Gustavo, quando tinha 15 anos (2004).
Olha que legal:

Eu tinha quatro anos. Foi o primeiro Natal que guardei na memória. Na noite do dia 24 estava ansioso porque meus pedidos ao Papai Noel... eram muitos. Tudo que sonhava.
Mais de onze horas e nada do Papai Noel.
Fui com o pai para a sacada e lá ficamos vendo o movimento.
Até que a campainha tocou várias vezes.
- É ele!!, gritei.
Ao abrir a porta, vi uma imensa bota vermelha com os presentes.
Fui o primeiro a agarrar a bota e puxá-la para a sala.
Meu pai começa a tirar os pacotes da bota e dizer a quem pertencia. Ganhei todos que pedi.
Depois, quem disse que eu conseguia dormir?
Foi um Natal inesquecível.
--
Não sei por onde anda a bota vermelha.


NATAL - 24/25 de dezembro de 2013

OLHE PARA O CÉU



Mesmo que não seja um céu tão bonito
quanto o de Oeisis International

Tenta, ao menos.
De preferência sozinho.
Dá uma olhada.
E procura alguma coisa.
Uma estrela bonita. A lua, quem sabe?
Pode tentar também as Três Marias, aquelas estrelas enfileiras.
Vai!
Mesmo que não acredite na mística do Natal, tenta.
Se acredita em algo divino, te dedica alguns segundos. Não vai fazer mal.
Uma oração - aquela que aprendeu na infância ainda está valendo. Uma música daquelas do colégio.
Alguém que seja muito especial.
Uma pessoa querida que já esteja no espaço.
Vai! Alguns minutinhos!
Pronto, está comemorado o Natal!
Não doeu, né?
--
Natal é isso, nada mais do que isso.
Papai do Céu vai ficar satisfeito contigo.
E nem vai ver os excessos de comida e bebida cometidos em seu nome!!
--
Eu, por exemplo, faço esse pequeno exercício sempre que estou em Oeisis - em Porto Alegre praticamente não enxergo o céu.
Dou uma sorte danada e sempre encontro as Três Marias:



E, às vezes, olho até de luneta.
O que vejo?


Ele mesmo, Pedro, o meu neto.
E faço uma oração das minhas para ele ter cada vez mais saúde, e para todos os meus.
--
Um Natal legal.
Abraços e beijos.

Segunda, 23 de dezembro de 2013 - parte 3

SOBRE O "CANIL" MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ!!
FALTA HONESTIDADE PARA ALGUMAS PESSOAS!!

Agora, que caiu no Facebook aquele horror, inclusive com fotos, vereadores, prefeitura e alguns puxa-sacos estão empenhados em negar que seja pior do que um campo de concentração.
Para eles, os cães vivem num paraíso!!
É não ter um pingo de honestidade para admitir que aquilo é um INFERNO!!
--
Olhem este texto da Neifla Rigon:

Conheço eles.
Vão maquiar e depois de algum tempo tudo volta ao normal.
Eles tem cara de pau e ouvidos surdos aos pedidos da população! Sei que existe denúncia da Patram contra o outro veterinário e parece que eles tem fotos ou vídeos, não lembro, de uma ou duas camionetes, que na época eram usadas como carrocinhas. Elas foram encontradas trolhadas de corpos de animais mortos.
Os protetores da região denunciavam que os animais eram mortos antes mesmos de chegarem ao canil.
Existem MUITOS casos horripilantes naquela região.
O canil de Osório foi o pior que vi!! Encontrei ossadas, seringas, corpos de animais jogados por todos os lados. Animais comendo uns aos outros e etc.
Entrei com denúncia na época e nem vou contar o final da história. O veterinário que era o responsável lá foi contratado por Tramandaí e tb Capão. Agora não sei onde ele anda. Mas o atual responsável em Tramandaí me disse, ninguém me contou, falou na minha frente que estava cansado de matar e que inclusive estava em depressão ( isso há 4 anos atrás).
E por aí vai... História longa com muitos casos tristes que eu poderia relatar. Um dos motivos que mudei de cidade!!!
Abraços amigos e obrigada. Não abandonem estes anjos animais. Eu ajoelhei e pedi perdão a Deus por pertencer a uma espécie tão malvada.
   

Segunda, 23 de dezembro de 2013 - parte 2

UMA PULE QUE PAGA BEM!!

São os apresentadores do Brasil Urgente RS, da Band TV.
Estão todos os dias no programa, sempre com bom humor.
Vale a pena assistir pela alegria dos dois - e até mesmo pela indignação, quando a notícia veiculada assim merece.
Jogam como os craques.
Sem dúvida, um dos destaques de 2013.

Cláudio Andrade e Paulo Bogado

Segunda, 23 de dezembro de 2013

O PROGRAMA DO ANO!!
VIVA A MARCHETTI!!

Escreve o Glauco Fonseca:

O Globo Repórter que foi ao ar na sexta-feira, 20 de dezembro de 2013, foi histórico.
Primeiro pela qualidade geral da pauta – Brasileiros do Bem.
Foi um trabalho cujas pessoas que o fizeram bem que tentaram não me fazer chorar várias vezes, sem sucesso.
Em segundo lugar, pela presença da Rosane Marchetti, sempre bonita e sobretudo competente, conduzindo com profissionalismo e doçura sem pieguices. Excepcional trabalho dela.
Tão bom eu achei, que fiquei com orgulho dela, com vaidade de ser gaúcho, tal qual a Rosane. Parabéns a ela e sua equipe.
Por fim, por ser um programa de TV que inspirou-me e a muita gente a pensar em fazer algo para melhorar o Brasil. Depois de ver a novela das oito, nada como um programa bem feito, “valeroso” e bonito.
--
Peço-te que publiques no teu blog este meu manifesto, pois tenho certeza que falo em nome de milhares (quiçá milhões) de brasileiros que podem ainda ver o programa em http://g1.globo.com/globo-reporter/ e se deliciar com as lições de vida que lá estão, bem como com a presença querida e brilhante da Rosane Marchetti.
--
Confesso que não iria ver o programa porque não tenho saco, há muito tempo, para pieguice.
Mas, sei lá o motivo, assisti.
E foi bem assim o que o Glauco escreveu. A RM é mil!
Eu já conhecia a história daquela mulher que passou a vida empenhada em salvar presidiários do crime. Hoje, com 102 anos, ela dá um banho de civilidade!
Lá pelas tantas, respondendo a uma questão da Rosane, ela refletiu:
- Eu falhei com alguns.
Me liquidou!!
-----

QUEM NÃO QUER ESSA ANISTIA?

A diretoria e os funcionários da Ceasa/RS (Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul) comemoraram o resultado de votação unânime no plenário da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, em sessão extraordinária na quinta, dia 19, do projeto que propunha a remissão e a anistia de dívida do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), da empresa, que vinha se acumulando desde 2004, e calculada atualmente em cerca de R$ 7,6 milhões.
A partir deste ano, o complexo também foi anistiado do pagamento do imposto. O projeto, de autoria do Executivo, alterou as leis complementares nº 7/73 e 687/12, que instituem e disciplinam os tributos de competência do município de Porto Alegre.
-----

AMIGO SECRETO NO CONGRESSO?

-----

NÃO SE ESQUEÇA!! ALERTA DE VERÃO!!


-----

BAITA TRABALHADOR!!

Não vão me pedir para que leia esta empolgante matéria "samba no pé":

-----

ZH ENCERRA O ANO!!

Inter vence o Palmeiras e é campeão do Brasileiro Sub-20 pela segunda vez

Equipe gaúcha venceu por 1 a 0. Clube já havia conquistado o título da competição em 2006

Uma vitória para terminar o ano com chave de ouro. Pelo Campeonato Brasileiro Sub-20, o Inter bateu o Palmeiras por 1 a 0 e conquistou pela segunda vez o título da competição nacional. Clube gaúcho foi campeão pela primeira vez em 2006, com um time que tinha Muriel, Alexandre Pato e Luiz Adriano.
No Estádio Passo D'Areia, zona norte da Capital, o Inter enfrentou o Palmeiras em uma partida em que o primeiro tempo terminou com o placar zerado. O gol veio apenas na segunda etapa.
Aos 12 minutos, a equipe colorada teve um escanteio a seu favor. Na cobrança de Andrigo, o camisa 8 Bertotto subiu mais alto que a zaga adversária e desviou de cabeça para o fundo das redes.1 a 0.
Mesmo com a vantagem no placar, o Inter continuou buscando o gol no restante da partida. Apesar de recuar um pouco, a equipe gaúcha ainda teve algumas chances de ampliar o placar.
Já aos 44 minutos do segundo tempo, o gol para carimbar o título do Brasileiro Sub-20. Murilo recebe um lançamento longo, o goleiro do Palmeiras sai do gol tentando fazer o corte, mas o jogador do Inter chega primeiro e consegue tocar por cima, fazendo o gol da tranquilidade e do título. 2 a 0.
Mesmo com uma remota possibilidade de conseguir empatar a partida, que já estava no final, o Palmeiras ainda tentou, mas não conseguiu ser eficiente. O Inter ficou apenas na marcação, esperando o final da partida para soltar o grito de campeão. Com a vitória, o clube gaúcho conquista pela segunda vez o título da competição.
ZHESPORTES
-----

PELO MENOS, A VELHA MANIA DA ZH


HOMENAGEM AO POLÍBIO BRAGA?
URUGUAI, PAÍS DO ANO PELA ECONOMIST!!



Em O Globo:

A revista “Economist” gosta de dizer aos países o que eles devem fazer. No receituário normalmente estão os cortes de gastos e a abertura das comportas para o mercado financeiro. Este ano, a publicação decidiu elogiar e definir “o país do ano”.
Autointitulada liberal, a publicação definiu, por exemplo, Margaret Thatcher, morta em abril, como “lutadora da liberdade”. Mas quem venceu o prêmio foi o Uruguai, país governado pelo ex-guerrilheiro tupamaro, socialista e ateu José ‘Pepe’ Mujica. Os motivos: a legalização do casamento gay e da maconha; e o próprio Mujica.
“Quando outras publicações fazem esse tipo de exercício, mas para indivíduos, elas geralmente priorizam para as premiações o impacto, em vez da virtude”, reflete a revista.
“Mas os feitos que mais merecem recomendação são as reformas que abrem caminhos não para melhorarem uma única nação, mas que, se repetidas, podem beneficiar o mundo”.
A lógica segue, com o casamento gay como uma “política que atravessa fronteiras”, por trazer “felicidade humana sem custos financeiros”. Já sobre a legalização da produção e do consumo da maconha, a publicação argumenta que a nova legislação permite às autoridades se “concentrarem em crimes mais graves, o que nenhum outro país fez”.
“Se outros países fizerem, e outros narcóticos forem incluídos, o dano das drogas no mundo seria drasticamente reduzido”.
Mas os elogios são mesmo para Mujica, o chefe do Estado sul-americano.
“Melhor ainda, o homem no topo, o presidente José Mujica, é admiradoramente modesto. Com uma franqueza atípica aos políticos, ele se referiu á nova lei (da maconha) como um experimento. Ele mora numa chácara humilde, vai ao trabalho dirigindo um Fusca e viaja de classe econômica. Modesto mas ousado, liberal e fã de diversão, o Uruguai é o nosso pais do ano”, conclui a revista.
-----

IMBÉ PREPARADA

No www.litoralnorters.com


ESPECIAL - Segunda, 23 de dezembro de 2013

ACREDITE! MUITO PIOR DO QUE O PRESÍDIO CENTRAL DE PORTO ALEGRE!
UM CAMPO DE CONCENTRAÇÃO!!

Só que não tem bandidos.
Apenas cães que as pessoas abandonam nas ruas.
--
Antes de tratar do assunto, não tenho o menor respeito por pessoas que dizem assim:
- Vocês se preocupando com cachorros e gatos com tantas crianças abandonadas...
Digo apenas uma coisinha:
ESPERO QUE ESTA GENTE JAMAIS SOFRA COM PROBLEMAS NOS TESTÍCULOS OU NO CLITÓRIS.
--
O inferno na terra chama-se CANIL MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ.
Conheci aquilo em março passado. E até hoje, vez que outra, as imagens me atormentam.
Um horror!
Quase cometemos um desatino quando conhecemos aquilo. Não vem ao caso, porque não concretizamos o erro. Mas no dia que fomos, levamos caixinhas de leite e alguns quilos de ração a granel. Um sujeito mal encarado "cuidava" do presídio e deixamos com ele.
No dia seguinte, de manhã, não tinha mais o leite e nem a ração. Adivinha?
--
Estavam em obras, fazendo "melhorias".
Chovia e os bichos viviam na lama. Inclusive dormiam no barro. Nada de comida, de água.
Mais de uma centena de cães.
--
Na semana passada, o Rick Jardim compartilhou no Facebook um post de uma pessoa que não conheço,
Daniel Fredriksson. Ele mora em Tramandaí e é Agente Florestal na Secretaria Estadual do Meio Ambiente RS (SEMA).
Leiam o relato do Daniel:

Hoje quando voltava da reserva por Osório logo depois da entrada da Estrada do Mar, em direção de casa, resolvi dar uma paradinha para fotografar o parque eólico que estava iluminado por um lindo por do sol. Entre os clicks da câmera uma placa me chamou a atenção (PROJETO CANIL LEGAL) Canil municipal de Tramandaí.
Pensei por alguns segundos e resolvi me dar um presente de Natal : Vou adotar um cão, um novo amigo! Subi no carro e fui até o tal local em qual a placa apontava. Não é muito longe da BR e logo cheguei, quando parei a camionete em um lugar as margens de uma linda lagoa enfeitada pela energia limpa, notei que tinha encontrado o lugar, já que era ensurdecedor tantos cães que pareciam estar latindo; melhor gemendo, chorando, sofrendo da tortura de ser mantido abandonado sem água sem comida em local insalubre e o pior de tudo para mim foi a cena da cadela amarela que comia o cãozinho preto com o quadril estraçalhado como se tivesse sido atacado por um predador e que lutava com os outros que tentavam roubar seu alimento.
Era mais humano deixá-los na rua rasgando lixo ou tendo que se asselvajar para seus extintos ajudarem a arrumar alimento. PROJETO LEGAL?????????? Não havia nenhum funcionário no local. Acho que o correto é PROJETO IMORAL! Foi uma das cenas mais fortes que presenciei na minha vida, nunca tinha ido a um campo de concentração. Peço a todos os amigos de minha fanpage que repassem  compartilhem vamos tentar ajudar a resolver a situação destes pobres amigos caninos.
--
As fotos:












--
Que tal?

VAMOS FECHAR O
CANIL MUNICIPAL DE TRAMANDAÍ!!
É MELHOR QUE VIVAM NAS RUAS!!


Sexta, 20 de dezembro de 2013 - parte 5

É O FIM DOS TEMPOS (NA RBS)

SERÁ QUE OS POUCOS CABELOS BRANCOS IRRITAVAM O JAPA?

Me contaram, não tive "coragem" de confirmar.
Há uns meses, um dos caras mais criativos da RBS TV, Gilberto Perin, foi conversar com o Felino.
Sim, com o diretor-geral de Televisão do Grupo RBS, Antonio Tigre. Um "sujeito sensível", que "sabe tudo de TV", um comedor de sucrilhos com Toddynho do mais alto brilho. Um executivo que o Japa adora!
Perin comentou que estava pensando em tocar outros projetos, fora da RBS.
Felino, do alto de sua sabedoria tigresa, teria respondido:
- Ah!!
Brilhante, não?
--
Amigas e amigos:
decidi sair da RBS TV (Curtas Gaúchos). Agradeço pela oportunidade de aprender, de trocar informações e sentimentos. Levo junto a mim as milhares de imagens e sons que compartilhamos nos últimos 15 anos – foram 854 curtas.
Estou sempre à disposição. Temos muitas maneiras de se encontrar e ver no mundo real e virtual.
(...)
Boas (e muitas) Festas.
Gilberto Perin

Sexta, 20 de dezembro de 2013 - parte 4

EXCLUSIVO!!
O CARTÃO DE "BOAS FESTAS" DO JAPA!!

Ele mesmo, o Anti-National Kid, o Exterminador dos "Velhinhos", o chefe dos Comedores de Sucrilhos com Toddynho.


O PASSARALHO NATALINO DO JAPA!!



Sexta, 20 de dezembro de 2013 - parte 3

SERGINHO NEGLIA E O STRICHER

SEMPRE COM A MÁQUINA

O comentário está publicado, mas faço questão de registrar aqui, porque assino embaixo:

Tenho que compartilhar o teu desejo de quem reclamou do Prêmio ARI do Ricardo Stricher: vá chupar um carpim sujo. Stricher mereceria esse e muitos outros reconhecimentos. Quem, como ele, anda pela cidade com a câmera no pescoço registrando tudo o que acha interessante na cidade? Quem capta o cotidiano de Porto Alegre como ele? Não existem mais profissionais com essa disposição, que tem a câmera como parte de seu próprio corpo e através dela nos mostra tudo que vê.
O Ricardo é uma das figuras mais diferenciadas da fotografia, alguém, que por décadas faz da fotografia, muito mais que sua profissão (Muita gente só fotografa por trabalho, com objetivo profissional), a fotografia é parte importante do "Ser Ricardo Stricher".
Parabéns Ricardo!
Bom Final de Ano!
Fraterno Abraço! 


Sexta, 20 de dezembro de 2013 - parte 2

PARA RETIFICAR

A foto do Ricardo Stricher, vencedora do Prêmio ARI, não foi publicada em nenhum site.
OK, ciumentinhos?
-----

O QUE É ISSO, MEU DEUS DO CÉU??

Evidente, na ZH:

Senso de coletividade?19/12/2013 | 14h24

Polícia localiza guarda-chuva do projeto Salva-Dia que foi vendido em Santa Cruz do Sul


Suspeita é de que o valor do acessório distribuído gratuitamente seria para financiar drogas

-----

COMUNISTAS

No http://piadinhas-do-dia.blogspot.com.br/
-----

CÁLCULO LÓGICO

Está provado que cada minuto de exercício
aumenta o nosso tempo de vida em um minuto.
Isso nos permitirá, aos 85 anos, ficar mais
5 meses num lar de terceira idade,
pagando 5.000 pratas por mês.
-----

NÃO PERCA!!

30 FOTOS SENSACIONAIS!!
-----

GRANDE FIGURA FOI PRO ESPAÇO

Pena, esses boçais, metidos a intelectuais, ainda tinham que aprender muito com Reginaldo Rossi.
Eta doença desgraçada!
-----

DEMAGOGIA MAIS DO QUE RIDÍCULA!

Na ZH online:

Sujões na mira

Câmara de Vereadores aprova projeto que multa pedestres que jogarem lixo no chão na Capital

-----

VERÃO NUMA BOA
OPERAÇÃO GOLFINHO
A NOITE VIRA DIA EM ARROIO DO SAL

No www.litoralnorters.com


Sexta, 20 de dezembro de 2013

RESPINGOS DO PRÊMIO ARI

Duas incríveis, inacreditáveis!!

1) Em Fotojornalismo, o vencedor, incontestável, foi o fantástico repórter fotográfico Ricardo Stricher, funcionário da Prefeitura de Porto Alegre. A foto vencedora, "ORAÇÃO DE APOSENTADO", foi publicada na página 3 do Jornal do Comércio. Lembra?


Aí, uns ciumentinhos estão corneteando, porque a foto saiu também no site da Prefeitura, depois de publicada no JC.
Pode esse despeito? Pode, sim, quando os tipos são muito BABAQUARAS!!!
O melhor é que essa gente chupe um carpim sujo!!
--
2) Antes tenho que ressaltar a situação.
Antes da chegada de Fabiano de Freitas para a presidência da TV Record RS, TODO o funcionalismo sofreu muito. Eram demissões, arbitrariedades, loucuras. Sei disso porque tenho muitos amigos trabalhando lá e servi muito de "ombro" para a triste choradeira. Muito triste.
Pois bem, o pessoal da TV Record estava ontem eufórico, porque depois de todas as tempestades, ganharam dois prêmios no ARI.
Olhem o maravilhoso email enviado a todos os funcionários:

"Ana Raquel Copetti da Rocha" escreveu: 
PESSOAL, FICAMOS EM SEGUNDO E TERCEIRO LUGAR NO PRÊMIO ARI!!!!  
Vanessa Pires ficou em segundo com a reportagem sobre o Encantador de Búfalos e o Luiz Barbará em terceiro com a reportagem sobre a Chuva em Esteio.  
Grande momento da nossa emissora. Parabéns aos repórteres, aos cinegrafistas, aos auxiliares, aos produtores, aos editores de texto e imagem, a todo mundo que integra o processo de levar ao ar uma reportagem que, como hoje, vira vencedora de prêmio.  
Estou muito feliz e orgulhosa por dividir este momento com todos vocês!!! 

Aí, surpreendentemente, o presidente Fabiano de Freitas respondeu:

De: Fabiano Freitas 
Enviado: quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 14:47 
Para: Ana Raquel Copetti da Rocha 
Cc: Marketing-POA; Comercial-Poa; Operacoes-Poa; tecnica-poa; Transporte-POA; jornalismo-poa; RH-POA; Jessica Fernandes Sebastião; Claudio Amaro Coelho Ferreira; Arte-POA; Leandro Pinto Teixeira; TI - POA 
Assunto: Re: RESULTADO PRÊMIO ARI  
Segundo lugar?  
Ok.  
Fabiano de Freitas  

Bah, pra quê?
O pessoal ficou indignado!!
Leia o que circulou entre os funcionários da Record, ontem mesmo:

Colegas. Passamos um ano difícil, com inúmeras demissões e restrições que precisamos superar para o melhor desempenho de nosso trabalho. Sempre estivemos disponíveis para buscar os melhores resultados e vários deles foram alcançados. O final do ano chegou e com ele outras decepções aprofundaram ainda mais nossas  insatisfações.
Hoje  o principal dirigente da nossa empresa desrespeitou os profissionais que aqui trabalham - e que são vencedores -  mostrando total desconhecimento da importância do maior Prêmio do Jornalismo gaúcho.
Amanhã, sexta-feira, convidamos a todos os jornalistas da Record a vestirem preto para mostramos a inconformidade com o tratamento que estamos recebendo.


Sinceramente?
Não sei o que aconteceu com o Fabiano. Sempre o tive como um gentleman.
Será que estava invocado por outro motivo e teve a infelicidade de responder debochado?
VAI TER QUE ENCARAR OS SEUS FUNCIONÁRIOS DE PRETO!!


Bom Dia!! Sexta, 20 de dezembro de 2013

O MELHOR REPÓRTER
E O LIVRO DO SÉCULO

O Prêmio Press existe desde o início deste século. Em apenas uma categoria, "repórter de jornal/revista do ano" eu voto sempre no mesmo cara: Humberto Trezzi. Sempre. Simplesmente porque o considero o melhor repórter de jornal em atividade no RS. Além disso, não tem nada de "estrela" como outros rapazinhos. Não é daqueles caras cheios de conceitos definitivos, não dita regras. Muito legal também é que quando faz as suas viagens, para alguma cobertura, dá boletins perfeitos na Rádio Gaúcha.
Não sei o que mais o Trezzi está fazendo na Zero Hora. Porque na RBS, o cara para ganhar mais é "promovido" a editor e/ou colunista. Com esta bobagem já se perderam grandes repórteres em rádios (Daniel Scola), TVs (Tulio Milman)  e jornais (vários). Pelo menos, não sei se o HT está fazendo títulos e legendas para a editoria de polícia, mas continua SEMPRE repórter.
--
Ah, sim, ele ganhou vários Press e inúmeros prêmios que são distribuídos todo ano. Na última edição do Prêmio ARI, por exemplo, venceu com a participação em duas matérias. É mole? Quer dizer, não estou errado.
--
Faltava o seu primeiro livro.
Agora, não falta mais.
Leia o que escreveu o editor do primeiro livro do Humberto Trezzi, Willian Novaes:
Se você é jornalista, se você gosta da profissão de jornalista, se você sonha em ser jornalista ou simplesmente se você gosta de boas histórias de aventuras, tragédias, guerras, conflitos e catástrofes não pode deixar passar o livro Em Terreno Minado, do repórter Humberto Trezzi.
O cara entrou, nos últimos 30 anos, no meio das maiores confusões do mundo. Seja no Rio de Janeiro, no México, na Colômbia, em Angola ou na Líbia, entre outros locais.
É uma obra de fôlego, memórias, medos e aqui você entende um pouco dessa profissão maravilhosa, perigosa, e, infelizmente, em extinção.
“Humberto Trezzi é um repórter com espírito aventureiro e um admirável instinto para contar uma boa história. Esse resumo de suas experiências em algumas das mais perigosas linhas de frente do mundo é fascinantemente bem narrado”, disse na 4ª capa, o premiadíssimo jornalista americano Jon Lee Anderson, da revista The New Yorker e autor da biografia Che Guevara – Uma biografia e A Queda de Bagdá.
--
Em Terreno Minado, me contam, já pode ser encontrado em algumas livrarias. Mas não tive confirmação. O lançamento oficial será agora em janeiro, em dia que todo mundo vai saber. (Legal mesmo é que depois de fazer o lançamento formal numa livraria com filas de três horas, fizesse uma em um boteco, coisa mais informal, para se tomar uma cerveja junto com ele)
É bom reservar um exemplar.



Quinta, 19 de dezembro de 2013 - parte 5

NÃO DÁ PARA PERDER!!

Para comprar o novo livro do Prévidi - 10 ANOS ÀS GANHAS - é simples:
Peça pelo jlprevidi@gmail.com e saiba como fazer.
Barbadinha!
Vai pelo Correio sem custo adicional.
--
Ou na Banca da República - Rua da República esquina com a avenida João Pessoa. Porto Alegre.



Vai!!

Quinta, 19 de dezembro de 2013 - parte 4

CADA VEZ MAIS, ESCOLAS DE
TURNO INTEGRAL EM PORTO ALEGRE

Um projeto que está em fase final de aprovação vai trazer recursos do Banco Mundial para aplicar no desenvolvimento da Educação, em Porto Alegre. “Os acertos estão sendo finalizados, mas no lugar de fazermos uma campanha publicitária, decidi trabalhar em silêncio, para garantir esses recursos importantes”, afirmou o prefeito da Capital gaúcha, José Fortunati, palestrante convidado para a 20ª edição do Brasil de Ideias, realizado pela Revista VOTO e que conta com o patrocínio da Capemisa Seguradora.
“Vamos dar um novo ordenamento no sistema educacional porto-alegrense, com a participação direta da comunidade escolar, permitindo melhorias no ensino, principalmente em áreas como a escola de turno integral”, sustentou o prefeito. No último evento do ano, realizado no Hotel Sheraton, empresários e jornalistas convidados puderam questionar o prefeito Fortunati sobre as principais ações que estão sendo efetivadas para “fazer Porto Alegre avançar”, tema do bate-papo do mês.
--
Fortunati fez uma explanação das principais diretrizes de ação da prefeitura para os próximos anos, lembrando que não são apenas as chamadas “obras da Copa” que pretendem modernizar a cidade. Após lembrar que o ano de 2013 foi marcado por alguns acontecimentos negativos, como estragos derivados de vendavais, chuvaradas, incêndios e, até pela ação dos Black blocs durante as mobilizações do início do ano, o prefeito fez um diagnóstico sobre a evolução de algumas ações que vão auxiliar os cidadãos.
Ele citou como exemplos positivos, a conquista do metrô, a conclusão da Arena do Grêmio e do Novo Beira-Rio, o maior volume de recursos para obras dentro das matrizes de responsabilidades para a Copa do Mundo 2014, obras viárias como a Avenida Tronco (que só ficará pronta após a Copa), o andamento do projeto de transporte via BRTs, o início da revitalização do Cais Mauá e a proximidade de conclusão das negociações envolvendo a revitalização da Orla do Guaíba. "Nem toda a obra depende apenas da prefeitura, e estamos fazendo muito mais, com a mesma equipe, o que nos exige maior concentração e eficiência, mas muitas vezes entraves burocráticos, jurídicos e aqueles causados por pessoas que agem como caranguejo, puxando pra trás, dificultam sua execução", desabafou. (Sandro Schreiner)

Quinta, 19 de dezembro de 2013 - parte 3

NÃO TEM MAIS JEITO

Sem comentários, olha só essas duas chamadas:



-----

CARLOS ALEXANDRE E A RBS

Não contente em arrasar com os funcionários e a cultura interna do Grupo RBS, essa nova "gestão" da maior empresa de comunicação do Sul do país agora tenta fazer uma lavagem cerebral no público.
Estou falando de matérias como essa:
http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/economia/noticia/2013/12/como-as-empresas-estao-mudando-para-atrair-e-reter-profissionais-mais-criativos-afetivos-e-dispostos-a-trabalhar-em-equipe-4363767.html
 Que vem sendo reproduzida de várias formas nos veículos da rede. O objetivo é, com certeza, convencer o empresariado e trabalhadores gaúchos de que a filosofia da "nova gestão RBS" é uma verdade universal.
E que filosofia é essa? Se resume a isso: funcionários mais antigos devem ser dispensados. A RBS prefere gente jovem e que ganha pouco à experiência dos "velhos" que, algumas vezes, têm salários maiores.
Note que no esquete que eles apresentaram a funcionária antiga, de cabelo vermelho, é o próprio demo. Mal humorada, maldosa e culpada do terrível pecado de não ensinar a novata (pela décima vez) a fazer o trabalho dela.
Eles querem a Geração Y. Mas essa garotada é muito esperta, não quer desperdiçar o próprio talento na RBS.
A quem eles pensam que enganam? 

-----

O QUE ESCUTO NO RÁDIO?

Debates?
Não tenho a menor dúvida!!
Atlântida FM.
E ponto.
-----

MAIS UMA

Recebo:

Dizem que a tradicional e festiva cerimônia dos Jubilados RBS deste ano se reduziu a um coquetelzinho mequetrefe.
-----

MAIS UMA - 2

Recebo:

Sim, a contenção e o passaralho correm soltos na Rádio Gaúcha, Zero Hora e TV.
O Pleni e o Japa estão a mil nos cortes, na Rádio Gaúcha saem quase todos os dias 1 ou 2 e de todos os setores do microfone ao comercial.
Mas nos e-mails internos o Pleni passa a informação que a Rádio esta linda, formosa e com uma moral no mercado como nunca teve, mas dentro da Rádio é um inferno diário.
Só os carreiristas tem vez, como sempre, além de tratar a rádio como uma panela de pressão.

Fazem o lado democrático e cobram democracia mas dentro da rádio impera a mordaça e a pressão psicológica.
-----

BALANÇO DO OI ARAÚJO VIANNA

A Oi reforça seu apoio à cultura no RS patrocinando um dos mais importantes espaços de entretenimento, o “Oi Araújo Vianna”, que comemorou seu primeiro ano de atividades com sucesso, desde a reinauguração no dia 20 de setembro de 2012. A data, que marca a Revolução Farroupilha, é considerada uma das mais importantes passagens da história do Estado. O “Oi Araújo Vianna” contribuiu fortemente para a agenda cultural de Porto Alegre em 2013, recebendo os principais shows e eventos, totalizando mais de 130 mil espectadores.
A obra de revitalização, orçada em mais de R$ 18 milhões e que foi iniciada pela Opus Promoções em abril de 2010, transformou o Auditório em um dos espaços de entretenimento mais completos do Brasil. Com esse patrocínio, a Oi reforça sua parceria com a sociedade gaúcha, além de associar sua marca a projetos focados na cultura e na música, dois pilares do investimento de marketing da companhia ao lado de esportes.
“O patrocínio da Oi permitiu que fosse realizada a revitalização e a reabertura do Araújo Vianna em 2012, devolvendo aos gaúchos um dos patrimônios mais significativos para a história artística e musical do RS e do país”, ressalta Gabriel Campos, diretor de Relações Institucionais da Oi na região Sul.
Os clientes da Oi se beneficiaram da parceria também na compra de ingressos para shows e espetáculos no Oi Araújo Vianna (http://www.oiaraujovianna.com.br/), com desconto especial (35% em média variando de acordo com o espetáculo) na compra de um ingresso (vendas somente na Bilheteria do Teatro do Bourbon Country e na Telentrega Ingresso Show, mediante apresentação da conta e CPF do titular). 
--
Desde sua reinauguração, o Oi Araújo Vianna foi palco de 64 apresentações, sendo 18 dessas internacionais, somando um público superior a 130 mil espectadores. A diversidade dos espetáculos contemplou todos os estilos musicais. Para os roqueiros, Capital Inicial, Yes e Skank; para os românticos, Charles Aznavour, Paco de Lucia e Alejandro Sanz; e os sambistas esbaldaram-se com Alcione, Martinho da Vila, Arlindo Cruz e Diogo Nogueira. Já para os fãs de música progressiva, quem apareceu foi o Jethro Tulls, de Ian Anderson. A cultura gaúcha também teve vez com Renato Borgheti, Yamandu Costa e Os Fagundes (foto).
Também passaram pelo auditório as divas Maria Rita, Ivete Sangalo e Julieta Venegas. 
A MPB também teve vez com Caetano Veloso, Milton Nascimento e Ney Matogrosso, além de grandes nomes internacionais, como a cantora americana Alicia Keys e o trio de jovens tenores italianos do IL Volo, um dos maiores sucessos de público em todo mundo. Outro que brilhou para os gaúchos foi Lulu Santos, um dos maiores nomes do pop rock nacional, que precisou abrir um show extra - três no total - para atender a procura.
-----

REBELIÃO NA PAPUDA!!

No http://piadinhas-do-dia.blogspot.com.br/
-----

ISSO É UM ESCÂNDALO!!

Ontem, no Jornal Nacional, a apresentadora Poeta leu esse lixo:

Jango foi derrubado por um golpe militar em 1964,
com apoio de setores da sociedade que temiam
que ele DESSE UM GOLPE DE ESQUERDA,
o que SEUS PARTIDÁRIOS negam até hoje.

-----

EXCELENTE

Li ontem à noite, sem parar, o livro "Recontando a História do Rio Grande do Sul", iniciativa do Instituto VOTO.
A obra, primorosa, é assinada pela Karim Miskulin e Ricardo Bueno.
-----

MEDICINA EM OSÓRIO?

No www.litoralnorters.com

Quinta, 19 de dezembro de 2013 - parte 2

UMA EXCEÇÃO

Não costumo registrar aniversários, porque aí teria que ter um blog específico.
Mas faço questão de abrir uma exceção, apenas hoje.
Há tempos que queria fazer um elogio - e todos sabem que não preciso puxar o saco de ninguém e só elogio aqueles que gosto.
Hoje está de aniversário um cara sensacional.
Durante o dia ele é o Cabeleireiro das Celebridades.
Há noite ele é o produtor-executivo do Bibo Nunes.
O cara é elétrico, não para!
Faz tudo com perfeição. E o mais legal, sempre com um sorriso.
E mais: não tem ruim. Sempre disposto!
--
Trata-se de uma figura muito querida chamada JORGE COXTA.
--
O meu tradicional

SAÚDE, GRANA E MUITA RISADA!!!!!!!!




Quinta, 19 de dezembro de 2013

DIÁRIO DE UM ET

Fernando Albrecht
(www.fernandoalbrecht.com.br)

Querido diário. Ainda não estou bem aclimatado no planeta Terra e portanto só posso registrar estupefações. E como as tenho! Por determinação do Império Galáctico estou numa cidade chamada Porto Alegre, que fica no estado mais meridional de um conjunto de estados chamado Brasil. Que povo estranho. Por esta época eles preparam uma festa chamada Natal, cuja noite principal é dia 24, quando fazem troca de presentes.

Habito o corpo de um humano. Quando cheguei neste aglomerado urbano ainda com meu escudo de invisibilidade, escolhi morar em um adulto com vestes coloridas cor de laranja, que me pareceu ser pessoa importante na hierarquia. Com meu chip despejando informações no cérebro, descobri que estas pessoas se chamam gari. Não gostei, porque em seguida me vi empurrando um carro com rodas – eles ainda não descobriram a levitação – com um pedaço de pau cheio de cerdas na ponta, que eu devo usar para limpar o leito das ruas.

Assim que recarregar meu chip com informações novas vou habitar outro corpo. Eu pensei que aquele pedaço de pau fosse uma espécie de estandarte e que o veículo retangular que eles empurram – eles ainda usam polímeros – era uma mesa de jogos. Pior é que a população não parece gostar muito deles, porque nem mesmo os cumprimentam.

Descobri que a festa de Natal é uma reunião de famílias onde os adultos bebem e comem e dão presentes para as crianças não encherem o saco deles (aprendi essa frase hoje, não sei bem onde entra na história esta parte do corpo humano). O mais estranho é a figura central do Natal, uma espécie de pai falso chamado Noel com um gorro ridículo, que se veste com peles próprias para temperaturas abaixo de zero numa estação em que faz bem mais de 30 graus Celsius de dia.

Há muitos deles por toda a cidade. Mas deve ser uma espécie em estágio primitivo porque nem mesmo sabem falar, além de ho-ho-ho. Todavia devem ser primatas alegres, estão sempre rindo. Também por esta época eles comem muito uma massa chamada panetone, que eu descobri ser italiana – nada a ver, de novo. O sabor é estranho, e após analisar essa massa borrachenta deduzi que os humanos deveriam usá-lo para cobrir os buracos nas ruas. Nem usinar precisa, é deitar direto.

Termino por hoje, querido diário. Voltarei quando estiver em outro corpo.


Bom Dia!! Quinta, 19 de dezembro de 2013

CONHECE ALGUMA?
AINDA BEM QUE EU NÃO!!




Quando escrevo que neste século não foi produzido nada decente no "universo musical brasileiro" tem gente que tenta me contestar.
Mas é a mais pura verdade.
Nada, nada, nada.
Somos um fiasco musical!
--
Dá uma conferida nas 50 músicas mais executadas nas rádios brasileiras em 2013.
Graças ao bom Deus, não consigo me lembrar de nada.
(Vi na página do Nilton Fernando no Facebook, do blog Pensar Enlouquece)
--
Do blog:
A impressão que tive quando vi a lista das músicas mais tocadas nas rádios do Brasil em 2013, segundo levantamento feito pela Crowley Broadcast Analysis, foi similar à perplexidade que tenho naquele momento In Memoriam da cerimônia do Oscar, quando são homenageados todos os profissionais da indústria cinematográfica que faleceram em determinado ano, e me surpreendo ao descobrir que certo ator ou diretor havia morrido e eu nem sabia ainda. Do mesmo modo, fiquei realmente surpreso ao constatar que só conhecia 31 das 50 músicas que constam no Top 50 das rádios brasileiras.
(...)
Salta aos olhos também o predomínio da música sertaneja no Top 50. São 28 canções do gênero na lista, interpretadas por Bruno & Marrone, Luan Santana (3 músicas), Jads & Jadson, Leonardo, Michel Teló (2 faixas), Victor & Léo (também 2 vezes), Gabriel Valim, Thaeme & Thiago, Paula Fernandes (que canta uma faixa e faz participações especiais em outras duas), Eduardo Costa (2), Gusttavo Lima, George Henrique & Rodrigo, João Bosco & Vinícius, Fernando & Sorocaba (2), João Neto & Frederico (2), Zé Ricardo & Thiago, Marcos & Belutti, Cristiano Araújo (2), Munhoz & Mariano e Zezé di Camargo & Luciano.



--
Claro que já ouvi falar em alguns "cantores" citados, mas as músicas tive a sorte de não ouvir. NENHUMA das 50!!

Quarta, 18 de dezembro de 2013

GENIAL!!!
ESCOLA ZERO HORA!!

Recebo do Alex de Souza:

Saiba quem é homem de Santa Maria que comandava o tráfico na região

Ao contrário do que previa a manchete, não consegui saber... pois não deram o nome do sujeito na matéria... hahaha
-----

GENIAL!!! - 2
A PRÓPRIA ZERO HORA!!

Teus amigos da ZH estão vagabundos....bastaria visitar o site da Caixa para não dizer besteira. Erraram só em 6 milhões..


Loterias da Caixa17/12/2013 | 23h41

Mega Sena acumula e pode pagar mais de R$ 38 milhões 

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas nesta terça, no concurso 1.557

--

ACUMULOU!

Estimativa de prêmio

R$ 44.000.000,00
*para o próximo concurso, a ser realizado em 19/12/2013
-----

CONTENÇÃO DE DESPESAS NA FIRMA

De um funcionário da RBS TV:

Depois do corte na festa do Dia da Família, que foi reduzida a dois carrinhos de pipoca, agora a contenção de despesas entra no ar: já reparou quantas externas tem sido feitas do pátio da RBS TV?
Seguidamente, a previsão do tempo (costumeiramente transmitida das margens do Guaíba) tem sido feita do hall e entrada, popular fumódromo, o patiozinho da firma.
E o Galpão Crioulo gravado na Redenção, no domingo passado, rendeu discussões acaloradas nos corredores e no refeitório da firma.
Neto Fagundes pareceu muito descontente com a organização e com  direção do evento, que quase saiu pela culatra. 

-----

RÁDIO GAÚCHO

Leonel Debastiani coloca mais brasa:

Fostes muito generoso, na questão ALGUÉM ME RESPONDA O QUE ACONTECE COM O RÁDIO GAUCHO ENTRE 14h E 16h?, será que o problema é só nesse horário? Apenas alguns pontos:
NA GUAÍBA - No programa do Mendesky está bom, até o "PSEUDO" INTELECTUAL Juremir abrir a boca. Ai o programa acaba. Mudo de rádio.Com aquela voz, devia ser proibido de fazer leitura em sala de aula.Ainda tem aquele "programinha", das 13 as 14,o esfera pública. Não tem título pior.
NA BAND - Aos sábados (não tem criatividade), deixam vazar das 5h30min as  7h da manhã, o Pulo do Gato, da Band São Paulo. Podiam programar Música Regional.
NA GAÚCHA - As bobagens do Wianey e não sei quem mais, aos sábados, das 8h30min as 11h. Quanta abobrinha.Devia ser transmito da CEASA
NA BAND NEWS, deixam vazar o Jornal da Band, aos sábados. Será que nos fins de semana o mundo para?
RÁDIO GRENAL - Essa foi de doer: entraram em rede, na Copa das Confederações, com a Rádio Cultura de Tocantis.Esqueceram que existe Super Tupi do Rio, Itatiaia de Belo Horizonte.
Foi-se o tempo em que ligava na GUAÍBA, e não desligava nunca. Dormia, e o rádio continuava ligado.
POBRE RÁDIO GAÚCHO cada vez mais na descendência!

-----

VANUSA NA COPA

No http://piadinhas-do-dia.blogspot.com.br/
-----

EXTRA NA ESCOLA ZERO HORA!!

 Livian Aragão vai sozinha com o namorado ao cinema

Leia mais: http://extra.globo.com/famosos/livian-aragao-vai-sozinha-com-namorado-ao-cinema-11039668.html#ixzz2npU31rsJ
-----

E ESSA?

Claro, nela!!!
Roubaram o "que"!!!!




-----

FEIRINHA E A DELEGACIA MÓVEL

No www.litoralnorters.com

Bom Dia!! Quarta, 18 de dezembro de 2013

HOMO JUVENIS

Glauco Fonseca



O Homo Sapiens surgiu há cerca de 300 mil anos. Caçava, vestia-se com peles de outros animais e fabricava artefatos como pontas de flecha e facas rudimentares. Não houve contato entre os Sapiens e os dinossauros que não tenha sido em filmes. Num deles, a maravilhosa Raquel Welch fugia de dinossauros vestindo uma tanguinha feita com algum bicho bem peludo. Nos anos 60, ainda havia quem gostasse de bichos peludos e em alguns países latino-americanos, Homos Sapiens barbudos se uniam tentando estabelecer uma nova ordem mundial. Foi uma época que ainda não acabou. Na América Latina - Brasil incluso – ainda persistem dois fenômenos que assolam a antropogênese: a força social de seres com muito pelo no rosto e sua sinergia inédita com dinossauros, que ainda existem, sim, e com muito vigor.

Faz apenas 13 mil anos que o Homo Sapiens chegou à América do Sul. A partir desta constatação, ficou mais fácil de perceber que nosso jeito de ser não é culpa exclusiva dos irmãos portugueses. Nem o estilo dos Venezuelanos pode ser atribuído a Simon Bolívar ou ao hoje também fossilizado Hugo Chávez. O Homo Sapiens chegou ao Oriente Médio há 70 mil anos e à Europa há 40 mil. Compreende-se, agora mais facilmente, por que acontecia na Europa uma Reforma Protestante, Mona Lisa era retratada por um Leonardo da Vinci, O Príncipe era escrito por um Maquiavel e Cabral chegava por aqui navegando em modernas caravelas, encontrando apenas índios que não plantavam sequer bananas. Se há culpados para o jeitão de ser dos povos latino-americanos, eles são bem mais velhos do que Dom João VI e bem mais vetustos do que os reis católicos espanhóis Fernando e Izabel.

Nosso anacronismo é melhor explicado após uma simples constatação: Somos dezenas de milhares de anos mais jovens do que nossos irmãos Homo Sapiens asiáticos, europeus ou mediterrâneos. Enquanto nossos hermanos da América do Sul arrancavam mandioca (muitos ainda o fazem), seus pares europeus navegavam pelos 7 mares, Jesus Cristo já tinha morrido há mais de 450 anos e as Cruzadas já eram história antiga. Uns pirralhos na estratificação social e antropológica de nossa própria espécie é o que somos. Pelo lado bom, vivemos no chamado Novo Continente; pelo outro, como jovens, ainda somos levados pouco a sério.

Eis-nos Homo juvenis latino-americanos sem dinheiro no bolso, sem parentes importantes e vindos do interior. Ainda com muito a viver e aprender. Se o grego Eurípedes disse que “Aquele que negligencia o aprendizado em sua juventude, acaba esquecendo de seu passado e encontra mais facilmente a morte no futuro”, nosso nativo Renato Russo rebateu eterno: “Todos os dias quando acordo, Não tenho mais o tempo que passou. Mas tenho muito tempo. Temos todo o tempo do mundo. Temos nosso próprio tempo.

Somos tão jovens.