Coluna do Marsiglia - 29 de setembro

 BRASIL: ENFIM UMA VITÓRIA
Mesmo que a repercussão do chamado "Clássico das Américas" seja muito pequena no Rio Grande do Sul, não podemos desconsiderar a vitória de ontem contra a Argentina. Como pontos positivos, as atuações de Lucas e Neymar, mas o que mais me chamou a atenção foi o lateral-esquerdo Cortês, já que de Lucas e Neymar sempre se espera alguma coisa. Cortês é uma bela revelação do Brasileirão, confirmada na Seleção. Lateral-esquerdo de qualidade é uma raridade no futebol brasileiro. Não vou ao ponto de dizer que o problema está resolvido, mas surgiu uma luz no fim do túnel.

MÁRIO FERNANDES
Não é nenhum craque, mas tem futuro caso sua carreira seja bem administrada. É um jovem ainda inseguro, que não nasceu em "berço esplêndido", somando-se a isto os medos e angústias de qualquer outro garoto de sua idade. Não foi valente nem covarde, simplesmente fez o que lhe deu na cabeça. Quantas vezes não "chutamos o pau da barraca" na juventude? A diferença é que não tínhamos a mídia em nossa volta. Ele errou, vai pagar, mas não pode ser demonizado por isso. Acho até que Mano não o convocará mais, e terá suas razões. Fora isto, vida que segue. Com ou sem Seleção.

ESCURINHO

O futebol gaúcho perdeu uma de suas figuras mais emblemáticas e contraditórias, por ser extremamente plural. Odiado em campo pelo torcedor gremista, tinha deste mesmo torcedor palavras de carinho e admiração. Tudo em função de sua simplicidade, simpatia e carisma. Dizer o que pensa o torcedor colorado sobre Escurinho chega a ser perda de tempo. Poucos jogadores, inclusive mais famosos, foram tão reverenciados e amados pela massa vermelha. Decisivo nas horas mais cruciais, foi o reserva mais titular que conheci dentro do futebol. Como bem falou Falcão: "uma figura inesquecível".

HAJA PACIÊNCIA COM CERTOS EMPRESÁRIOS

O Botafogo ofereceu apoio financeiro a Jobson, suspenso até março de 2012 por doping, desde que o jogador aceite acompanhamento psicológico. Já o empresário do jogador, Antenor Joaquim, disse que, no máximo, o clube pode pedir que Jobson cumpra as determinações como atleta profissional: "Fazer tratamento psicológico, só o Jobson pode decidir”, disparou. Por lei, o clube pode suspender o contrato do jogador e não lhe pagar nada até o término da suspensão. Mesmo nesta situação, o empresário ainda quer impor condições. Vai entender!

MUDANÇAS NA ARBITRAGEM DA FIFA

O ex-árbitro suíço, Massimo Busacca, 42 anos, é o novo chefe do Departamento de Arbitragem da FIFA, após decidir encerrar a carreira em julho deste ano. Durante os mais de 20 anos de carreira, incluindo doze anos como Árbitro FIFA, Busacca apitou as Copas do Mundo de 2006 e 2010 e a Eurocopa/2008. Foi o árbitro da final da Champions League/2009 (Barcelona x Manchester United), da decisão da Copa da UEFA/2007 (Espanhol x Sevilha) e da Supercopa da UEFA/2010 (Atlético Madrid x Internazionale). Estava na hora de mudanças na gestão da arbitragem mundial.

Bom Dia! Quinta, 29 setembro 2011

Hoje o Julio Ribeiro escreve - http://www.adonline.com.br/ad2005/index.asp

Gisele pode encerar chão e lavar louça
Algumas coisas no Brasil são muito difíceis de entender. Outras beiram ao ridículo, como essa iniciativa da Secretaria de Políticas para Mulheres, do governo federal, de pedir ao CONAR a suspensão de comerciais da Hope, estrelados pela modelo Gisele Bündchen.
É ridículo, porque a propaganda brasileira está cheia de comerciais semelhantes, que brincam com as diferenças entre homens e mulheres, que usam a “guerra de sexos” como mote ou que simplesmente usam homens e mulheres em papéis “desvantajosos” e nunca se viu uma mobilização oficial semelhante.
A própria Gisele faz o papel de uma dedicada dona de casa num comercial da Sky e não se ouviu nada a respeito. Quer dizer, lavar louça, encerar a casa pode, o que não pode é a mulher usar a sua sensualidade para agradar ao marido?!!
Outra, marido pode fazer papel de babaca, de corno e idiota, como em vários comerciais dos quais já comentamos nesse espaço? Aí não é sexismo?
Ora, por favor, que a Ministra Iriny Lopes vá gastar seu tempo e a estrutura de sua Secretaria em coisas mais úteis. Não precisa tutelar o telespectador. Ele já descobriu o controle remoto!
-----
A DM9 está chegando a Porto Alegre.
Isso é bom ou ruim para o mercado gaúcho?
A pergunta me lembra uma daquelas histórias de almanaque. Um menino, querendo testar a sabedoria do mestre, escondeu em sua mão um passarinho e desafiou o sábio a responder se o pássaro estava vivo ou morto. Era uma pegadinha, porque se o mestre dissesse que estava vivo, o menino esmagaria o bichinho em sua mão e mostraria que o sábio errara, se ao contrário o mestre dissesse que o pássaro estava morto, era só abrir a mão e deixá-lo voar.
O sábio, como um sábio que se preza, deu-lhe uma resposta sábia.
- Você me pergunta se o pássaro está vivo ou morto, e eu lhe digo: a resposta está em suas mãos.
De novo, a chegada da DM9 ao RS será boa ou ruim para o mercado gaúcho? A resposta está nas mãos da DM9.
Ela chega respaldada por duas contas importantes: RBS e Azaléia. A primeira lhe empresta a força institucional do maior grupo de comunicação do sul e terceiro maior do país. Ser ciceroneado pela RBS já é meio caminho andado para estabelecer relacionamentos importantes aqui no Rio Grande do Sul. Já a conta da Azaléia, que foi a base para a fundação da DCS e de sua expansão em 25 anos, é o sonho de consumo de qualquer outra agência instalada em solo gaúcho e fora dele. Uma conta com forte visibilidade, grande receita e própria para trabalhos inovadores, criativos e premiáveis.
Então, a agência de Nizan Guanaes chega bem e pode, a partir, daí conquistar novas e importantes contas na terra de Bento Gonçalves e Erico Veríssimo.
Sua presença entre nós poderá ser muito boa, produtiva e qualificadora do mercado, na medida em que pode trazer novas tecnologias de comunicação, novos ângulos sobre coisas que já nos acostumamos a olhar sempre do mesmo jeito, pode levantar o patamar criativo da propaganda gaúcha, pode fortalecer institucionalmente o mercado, afinal passa a ser um mercado que tem uma DM9, mais ou menos como uma cidade que tem um Marriot, um Sheraton ou coisa do gênero.
Mas essa presença da DM9 pode ser muito danosa para o mercado do RS, se a agência usar todo o seu poderio, sua força econômica, para práticas comerciais predatórias. Se a DM9 quiser, ela pode trabalhar de graça um ano inteiro para qualquer cliente, sem que isso faça coceira em seu balanço. Da mesma forma, pode ser muito ruim para o mercado publicitário gaúcho se a agência desconhecer, e/ou desconsiderar a cultura local.
Aqui algumas coisas são diferentes, os preços são mais baixos, os salários são menores, o ritmo é um pouco mais lento do que em São Paulo e os valores pessoais são peculiares. Não é a toa que nenhuma agência nacional logrou êxito no mercado do Rio Grande do Sul até hoje. A McCann Erickson, por exemplo, permaneceu mais de 20 anos em Porto Alegre, mas nunca teve expressão significativa no mercado; a DPZ tentou se instalar aqui e não conseguiu; mais recentemente, a QG, do poderoso grupo Talent, fechou sua unidade regional.
Para o bem e para o mal, os gaúchos tem suas especificidades, seu jeito diferente de se relacionar com pessoas, marcas e empresas. Nós temos um orgulho danado das coisas que são daqui. Defendemos o Zaffari, por exemplo, como uma instituição do Estado. A Polar entendeu isso e se “acolherou” como sendo a cerveja dos gaúchos. A Casas Bahia, que dá certo em todo o país, aqui não deu, teve que fechar.
Estou relendo “O Romano”, do Mika Waltari e isso me faz lembrar do conselho que Sêneca deu ao jovem tribuno Minuto Lauso, quando este parte para uma temporada de trabalho em Corinto. “Em Corinto, seja menos romano”.
Que a DM9 se integre ao nosso mercado, tenha vida longa, que possa haver troca, intercâmbio, de impressões, percepções, modos de fazer as coisas, entre a recém chegada e as agências que já labutam por aqui há muito tempo. Que a DM9 não aja e não seja um corpo estranho, um soldado romano ataviado com seu elmo emplumado e sua capa escarlate em plena Grécia. Sejam bem-vindos. Vida longa à DM9!

Quarta, 28 setembro 2011 - parte 2

Menos dois
Recebo da ARI:
Com muito pesar comunicamos o falecimento do ex-presidente do Conselho Deliberativo e Conselheiro Honorário da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), jornalista ANTONIO CARLOS PORTO, ontem por volta das 23 horas.
O corpo está sendo velado em Estrela, no Cemitério Católico da cidade, Capela B, a cerimônia de despedida será às 17h30min.

---
Na rádio:
Escurinho, o ídolo do Internacional, aos 61 anos, se foi.

Quarta, 28 setembro 2011

EXTRA!! EXTRA!! EXTRA!!

Saiu decisão no processo que discute o controle aconário da TV Urbana.
O Airton Neves foi afastado e o juiz devolveu a gestão do Canal para Leudo Costa.
processo 111.0085180-2           10ª Vara Civel
A medida foi cumprida ontem à noite

Bom Dia! Quarta, 28 setembro 2011

Rercuerdos de um final de semana em Bento - 2
Recebo duas matérias da Conceitocom, sobre a Avaliação Nacional de Vinhos:
Os vinhos do Vale dos Vinhedos aumentaram sua participação na representatividade da safra. A 19ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2011, realizada no sábado, 24, apresentou os 118 vinhos classificados entre os 30% mais representativos. Destes, 34 são do Vale dos Vinhedos, uma presença 73% maior que a registrada na edição do ano passado quando 19 amostras foram classificadas. Três destes 32 vinhos figuram entre os 16 vinhos selecionados para o evento.
A maior expressão do Vale dos Vinhedos na Avaliação, representada por amostras de oito vinícolas do roteiro, ficou com os tintos (19), seguidos pelo base espumante (9) e brancos (6). A maioria destes vinhos começará a chegar ao mercado a partir de 2012. Já os brancos poderão ser degustados pelos consumidores ainda este ano.
Para o presidente da Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos (Aprovale), Rogério Carlos Valduga, a qualidade reconhecida é fruto do trabalho conjunto de viticultores e vinicultores do roteiro. “Nos últimos 16 anos investimos e evoluímos em viticultura e enologia. Reconvertemos vinhedos sempre priorizando a qualidade. O resultado não poderia ser outro. Nossos agricultores e vinícolas estão de parabéns”, destaca.
A degustação de seleção das 383 amostras de 72 vinícolas foi realizada por 120 enólogos. O resultado foi apresentado para um público de 820 apreciadores de 18 estados brasileiros e oito países. Números que posicionam a 19ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2011 como a maior de todas. O evento é uma promoção da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

Amostras selecionados entre as 16 degustadas na Avaliação Nacional de Vinhos
Almaúnica                          Syrah
Aurora                                 Riesling Itálico
Casa Valduga                    Chardonnay

Vinícolas associadas à Aprovale com vinhos classificados
Almaúnica                          4 tintos
Aurora                                 6 tintos, 4 brancos e 2 base espumante
Calza                                     1 branco
Casa Valduga                    4 tintos e 3 base espumante
Chandon                             2 base espumante
Dom Cândido                    2 tintos
Miolo                                   3 tintos e 2 base espumante
Pizzato                                 1 branco
-----

A Avaliação Nacional de Vinhos é considerada o momento maior do vinho brasileiro. E é justamente por isso que a Associação Brasileira de Enologia (ABE) – entidade promotora -, aproveita o evento para homenagear grandes colaboradores do setor com o Troféu Vitis. A cada safra, são distinguidas duas personalidades. Este ano, o Troféu Vitis 2011 foi para o presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputado estadual Adão Villaverde e para o enólogo João Vignatti nas categorias Amigo do Vinho Brasileiro e Enológico, respectivamente. A entrega ocorreu durante a 19ª Avaliação Nacional de Vinhos realizada no sábado, 24, em Bento Gonçalves.
Engenheiro e professor, Adão Villaverde traçou sua trajetória na gestão pública. Entretanto, o vinho, uma de suas paixões, sempre fez parte de sua vida. Degustando ou lutando pelas causas do setor, o deputado estadual, em seu terceiro mandato, é figura assídua nos eventos vitivinícolas.
Membro da primeira turma de enólogos, formada em 1963, o enólogo João Vignatti, atuou por mais de 40 anos no setor. Sua trajetória iniciou em Flores da Cunha, na Companhia Riograndense, mas foi na Vinhos Mioranza que desempenhou suas funções por mais de 30 anos. Hoje com 75 anos continua visitando vinícolas por hobby.
Um público de 820 apreciadores de vinho participaram da 19ª edição do evento. A avaliação reuniu 383 amostras de 72 vinícolas de seis estados brasileiros. Na oportunidade, foram divulgados os vinhos classificados entre os 30% representativos, além dos 16 selecionados para a degustação.
Foto de Gilmar Gomes

Terça, 27 setembro 2011

Extra! Extra!!
Dona Dilma, a nossa presidentE, parece que não viveu aqui no Sul.
Pelo que entendi o Governo federal vai fazer uma concorrência para construir a nova ponte do Guaíba.
Pô, a Concepa quer fazer a ponte no mole, desde que ampliem a concessão da free-way!! Ora, meu Deus, uma barbadinha dessas e a dona Dilma se fazendo!!!
Aí não entendo mais nada!!
-----
Cá entre nós
O que a Concepa investe na free-way não é mole!!
Se ela perder, vou para a praia pela estrada velha!! Aquela por Santo Antônio.
-----
Novidade
Bancários em greve. Todo ano é isso.
O Banrisul do Edel Trade Center está nornal.
-----
Patrona
Jane Tutikian é a poderosa da Feira do Livro de Porto Alegre.
Legal!!
-----
Pesquisem!!
A fotógrafa que me referi ontem no Bom Dia! é a Cáren Dal Más, da Conceitocom Imprensa e Eventos.
Repito: ela é lindíssima, mas não me mandou a sau foto.
Olha só o que o Marco Aurélio Souza me mandou, sobre uma das fotos que publiquei ontem:


Cá entre nós
É um bobalhão esse Marco, não?
-----
Pleni a mil
Cyro Sylveyra Martyns Fylho, o Plenypotencyáryo, voltou à direção da Rádio Gaúcha.
O pessoal do Esporte deve ter adorado!!
-----
Te digo
Torço sempre por ele, apesar de nervozinho!![
-----
Piadinhas?
No http://piadinhas-do-dia.blogspot.com/
-----
Balada Segura
Será lançada hoje, às 20 horas, a segunda etapa da Operação Balada Segura, realizada em Porto Alegre desde fevereiro deste ano. Trata-se de um programa de fiscalização com ênfase na educação unindo Detran/RS, Empresa Pública de Transporte e Circulação, Brigada Militar e Polícia Civil. O evento acontecerá na Rua da República, 409 e contará com as presenças do Vice-Governador, Beto Grill, do Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, Secretários de Estado e demais autoridades.
A Operação Balada Segura foi criada para pôr em prática as novas linhas de ação propostas pelo Detran/RS, em acordo com o Comitê Estadual de Mobilização pela Segurança no Trânsito, vinculado ao Gabinete do Vice-Governador. Essas diretrizes privilegiam a educação dos usuários do espaço público. "Nossa convicção é de que todos temos em nossas mãos o poder de construir um trânsito mais respeitoso e humano", acredita Alessandro Barcellos, Diretor-Presidente do Detran/RS.
Programa de fiscalização com ênfase na educação, a Operação Balada Segura vai às ruas todas as semanas, unindo ao Detran/RS parceiros como a Brigada Militar, a Polícia Civil e a Empresa Pública de Transporte e Circulação. A partir desse momento, as blitze serão identificadas por sua logomarca e toda uma programação visual própria. A nova fase evolui para a aplicação do etilômetro (bafômetro) em 100% dos condutores abordados e uma maior abrangência, ocorrendo de quarta-feira a sábado, centrada principalmente em prevenir as consequências da mistura de álcool e direção, a exemplo da Operação Lei Seca realizada no Rio de Janeiro.
-----
Agência Purple cria ações para a Bella Gulla nas redes sociais
A Agência Purple, de Porto Alegre, cria várias ações digitais promocionais e de relacionamento nas redes sociais para a Bella Gula, como Foursquare, Facebook e Twitter. “As ações têm como objetivo estreitar o laço entre consumidor final e empresa, aproximando a marca e suas delícias do seguidor. São feitas em diferentes plataformas para diferentes situações”, explica José Albrecht, Diretor de Marketing da Agência Purple.
No Foursquare, por exemplo, quando o cliente fizer o "check in" na Bella Gula e consumir algum produto da confeitaria, leva um café de cortesia. Já no Facebook, que permite uma troca maior de informações com maior profundidade, como receitas, dicas de culinária e lazer, o cardápio e promoções são compartilhadas com o usuário, sempre gerando uma interação constante.
Enquanto que no Twitter, uma ferramenta mais dinâmica e imediata, as promoções e dicas diversas são postadas várias vezes ao dia, no formato drops.
Em todas as redes, há muito contato direto com o consumidor final. As críticas, elogios e sugestões são respondidas pela equipe de marketing digital da Purple, que está em constante contato com os responsáveis da Bella Gula. "Postamos o que é mais relevante ao target do cliente. Mantemos um diálogo, assimilamos e respondemos 100% das interações. Além disso, monitoramos todas as menções à empresa nas redes sociais, inclusive fazendo a gestão e gerenciamento de crise caso seja necessário", continua Albrecht. Acesse as redes sociais da Bella Gulla, acompanhe a marca e adoce sua vida.
-----
Rede Plaza de Hotéis apresenta  novidades
A diretoria da Rede Plaza de Hotéis apresentou hoje, em evento comemorativo ao Dia Mundial do Turismo, os seus projetos, planos e metas para os próximos anos. A renovação constante do grupo na busca de adequação aos mais modernos meios de hospedagem do mundo é o tema do evento.
Os diretores do Plaza, liderados pelo superintendente Carlos Henrique Schmidt, apresentaram também o novo portal do grupo, as mídias sociais disponibilizadas pela rede de hotéis e resorts - com estabelecimentos no RS, Santa Catarina e Bahia - e as ações voltadas para o fortalecimento da marca, com ênfase na qualificação de serviços e modernização das suas instalações, uma tradição do grupo desde o seu início nos anos 50, quando inaugurou o primeiro hotel, o Plazinha. Confira as novidades:
-----
Rede Plaza de Hotéis apresenta  novidades - 2
A Rede Plaza de Hotéis, Resorts & SPAs, criada em 1958, tem três hotéis executivos e três resorts. Os hotéis executivos ficam em Porto Alegre - Plazinha e Plaza São Rafael Hotel e Centro de Eventos e Plaza Blumenau, em SC -  e os resorts em Santa Catarina - Itapema e Santo Amaro da Imperatriz, um de mar e outro de serra - e um na Bahia - Camaçari. Sempre buscando qualidade, atendimento especial e serviços de primeira para os seus hóspedes, a Rede Plaza vive em constante renovação para atender as exigências da moderna hotelaria. Renovar é palavra chave dos hotéis e resorts. "Oferecer novidades, atrações e equipamentos atualizados e tecnologicamente avançados são sempre nossas metas", diz o superintendente da Rede, Carlos Henrique Schmidt. O grupo terá a partir deste dia 27, Dia Mundial do Turismo, um novo site, mais amplo, mais moderno e com serviços que mostram todos os hotéis e resorts do grupo (www.plazahoteis.com.br), está no Twitter, Facebook e todos os meios modernos de comunicação e mídia, além de uma presença "quilométrica" no Google.
Atualmente, para mostrar seu comprometimento em bem atender seus hóspedes, o Plaza São Rafael Hotel e Centro de Eventos de Porto Alegre, o estabelecimento top do grupo, está com algumas novidades, lançadas e apresentadas em 2010/2011: na cobertura do prédio na Av.Alberto Bins, 514, Centro Histórico de Porto Alegre, onde está localizado, foi inaugurada sauna, raia de  natação com de 25 metros e hidromassagem com água mineral, ambas aquecidas através de energia solar (uma grande economia em termos de energia e uma grande contribuição para a natureza). As novidades são resultado do aproveitamento da fonte de água mineral medicinal descoberta, por acaso, durante perfuração no subsolo do hotel há pouco mais de dois anos. "É um caso único entre todos os hotéis de capitais brasileiras", garante Schmidt. Esta água mineral já é utilizada em algumas suítes do estabelecimento. A fonte passou por todos os processos liberatórios dos órgãos públicos e recebeu certificados de qualidade oficiais, atestando seu potencial e as suas virtudes terapêuticas.
Além disso, a fachada do hotel está sendo toda reformada, ganhando nova apresentação com janelas e esquadrias de tecnologia alemã, modernas e com  isolamento acústico. O investimento do grupo atende às exigências para o setor da hotelaria estabelecido pelas normas internacionais para grandes eventos, como a Copa do Mundo. O material  utilizado no Plaza São Rafael tem estrutura de PVC rígido, paredes externas com 3 mm de espessura, sistema de multi-câmaras, reforço interno em aço galvanizado, cantos eletrotermicamente soldados, garantindo resistência e estanqueidade maiores em relação aos outros materiais.Os recursos dos novos investimentos estão sendo garantidos por financiamentos e reservas próprias:  "É a busca da atualização que a hotelaria exige constantemente", diz o superintendente Carlos Henrique Schmidt. Inaugurado em 14 de abril de 1973, primeiro cinco estrelas de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul, o São Rafael é uma referência em hotelaria no Brasil e líder da Rede Plaza de Hotéis, grupo gaúcho com hotéis e resorts em SC e Bahia, um total de seis unidades.
As reformas e as trocas de equipamentos, conforme Schmidt, não atingiram apenas o São Rafael "Todos os hotéis e resorts receberam investimentos materiais, processos de modernização e equipamentos que os qualificam para receber bem, e com qualidade, nossos objetivos máximos", afirma. O dirigente destaca também que os hotéis e resorts são especialistas em boa gastronomia, em festas, congressos, lazer, e eventos de qualquer amplitude. "Aprimorar o atendimento e os serviços estão sempre na nossa ordem do dia" , garante Schmidt. "Temos aproximadamente mil apartamentos em nossos hotéis e resorts com atendimento idêntico e de primeira linha. Nossa rede é genuinamente nacional, vem avançando sistematicamente em crescimento estratratégico, gerando impostos, empregos e ajudando um setor fundamental para o desenvolvimento do país: o turismo de lazer e o turismo de negócios e de saúde", conclui.
-----
Mais uma genial!!!
Onde???!!!
(clica na imagem que amplia)
PROGETO!!!!!
O link original é esse, mas podem ter arrumado. A prova está aí.



-----
Recebo do Marco Aurélio Souza
Rádio AM não precisa dar aumento salarial por retransmitir também em FM
A 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul (TRT-RS) manteve sentença do juiz do Trabalho Eduardo Duarte Elyseu, da 19ª Vara do Trabalho de Porto Alegre, que negou acréscimos salariais a radialistas da rádio Guaíba AM, por esta ter começado a retransmitir sua programação também em FM. A ação foi ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Radiodifusão e Televisão do Rio Grande do Sul. O sindicato alegou aumento de responsabilidade por parte dos trabalhadores, maiores lucros da reclamada com a retransmissão e a proibição, pela lei 6.615/78 (que regulamenta a profissão no Brasil), do radialista acumular funções em um mesmo setor da empresa sem aumento de salário. Cabe recurso da decisão.
Segundo o relator do acórdão, juiz convocado Wilson Carvalho Dias, não ficou demonstrado no processo que os radialistas passaram a ter vínculo com mais de uma empresa, o que poderia gerar alterações no contrato de trabalho. Apesar da retransmissão em FM, eles continuaram vinculados a mesma emissora, Rádio Guaíba LTDA, sem alteração, inclusive, na programação veiculada diariamente. O magistrado salientou, também, que a lei mencionada pelo sindicato prevê acréscimos salariais apenas quando houver acúmulo de funções dentro de um mesmo setor da emissora ou quando existir exercício de função de chefia juntamente com as atividades comuns do cargo. "A rigor, havendo idêntica programação na emissora, tanto para AM quanto para FM, os profissionais seguem executando as mesmas tarefas que exerciam anteriormente", explicou.
O reclamante alegou, ainda, que haveria aumento de responsabilidade pelos novos recursos técnicos exigidos para a retransmissão em FM e pelo aumento de audiência. O desembargador da 8ª Turma, entretanto, ressaltou que essas hipóteses não estão previstas na lei 6.615/78. O magistrado enfatizou que, como se trata de lei especial regulamentadora da categoria profissional, é a partir dela que a pretensão deveria ser julgada.
Processo 0001157-66.2010.5.04.0019 (RO)

Bom dia! Terça, 27 setembro 2011

URGENTE!! URGENTE!! URGENTE!!
Não começa bem o dia
Fico tiririca quando me contam que um veículo de comunicação vai demitir. De cara, não acredito. Fico muito triste quando isso acontece. Na semana passada demitiram 15 da área digital da RBS.
Há meses me disseram que o Grupo Record iria demitir em agosto 30 por cento de todo o pessoal. Graças a Deus isso não aconteceu.
Hoje de manhã soube que foi pedida, mais uma vez, a falência da TV Urbana.
Não entendo o motivo, visto que a TV do Airton Neves está com a grade forrada de pastores. Me contam que o faturamento mensal está por volta de 150 mil reais.
Atenção: O canal pode ser cassado!!
Olha o processo:
Processo Cível Número Themis:             001/1.11.0251847-7        Processo Principal:         
                Número CNJ:    0301802-15.2011.8.21.0001         Processos Reunidos:     Ver Processos

                                    FALÊNCIAS E CONCORDATAS
                Falência               Segredo de Justiça:        Não
                Comarca:            Porto Alegre                      
                Órgão Julgador:               Vara de Falências, Concordatas e Insolvências 2/1 (Foro Central)
                Data da Propositura:      14/09/2011         
                Local dos Autos:              CUMPRIR DESPACHO - P.13
                Situação do Processo:   COM CARTÓRIO
                Volume(s):         1
                Quantidade de folhas:                 
Partes:                Ver todas as partes e advogados
                Nome: Designação:
                PROSERVI SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA LTDA.        AUTORA
                Advogado:         
                CLAUDETTE DA SILVA CRUZ        
                Nome: Designação:
                TELEVISÃO URBANA LTDA.         RÉ
Últimas Movimentações:            Ver todas as movimentações
                 15/09/2011          PROCESSO DISTRIBUÍDO
                 19/09/2011          CONCLUSÃO AO JUIZ
                 22/09/2011          AUTOS RETORNADOS AO CARTÓRIO
                 22/09/2011          CUMPRIR DESPACHO
Consulta de 1º Grau
Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul
Número do Processo: 11102518477
                Versão para impressão Nova pesquisa
Julgador:
Eliziana da Silveira Perez
Despacho:
                 1) A documentação trazida pela autora está em conformidade com os requisitos reclamados pela Lei 11.101/05. 2) cite-se a ré, com as advertências legais de estilo, para que apresente defesa e/ou efetue o depósito elisivo, no prazo de 10 dias, consoante estabelece o art. 98 da Lei 11.101/05, sob pena de decretação da falência. 4) No caso de depósito elisivo, o valor deverá ser o constante do cálculo atualizado apresentado pela autora à fl. 8.

-----
Essa bronca é de 80 mil reais.
Tem outras.

Segunda, 26 setembro 2011 - parte 2

 Leiam esta entrevista da senadora Ana Amélia Lemos

 Está no http://ruygessinger.blogspot.com/
Publico um resumo.
Estou convicto de que a senadora vai ser candidata a Prefeita de Porto Alegre.
Leiam com "redobrada atenção":





1. COMO VÊ ESSES PRIMEIROS MESES DO GOVERNO TARSO?
O governo Tarso Genro embora tenha se comprometido com o exercicio "republicano" do poder,tem esquecido de respeitar  esse principio. Ou,então,é lento demais. Os prefeitos demoram até dois meses para serem recebidos,por secretários de Estado. O prefeito de Soledade espera,faz tres meses,por uma audiência solicitada ao Palácio Piratini. Se não é discriminação com partidos de oposição,a demora pode ter outro nome. Uma coisa me intriga,também. Acho positiva a iniciativa do governador em buscar,na Coreia do Sul ou outros paises onde existe capital e tecnologia,aporte de investimentos,para o RS. Porém as nossas empresas estão indo embora atraidas por incentivos fiscais do nordeste. É o caso dos calçados,por exemplo. Industrias de máquinas agricolas poderão  se transferir,pelo mesmo motivo,para a Argentina,onde o ambiente para os empreendedores é mais favorável.Não seria mais coerente apoiar as nossas indústrias? Uma empresa do interior  espera, faz dois anos, para se habilitar ao  Fundopem. A cada visita a Porto Alegre o empresário é surpreendido com pedido de mais documentos. O Estado precisa, também, que o governador lidere um movimento para obter o apoio político da bancada (estarei à disposição no Senado com Pedro Simon e Paulo Paim) para evitar os pesados cortes nas obras do PAC, prejuizos com a redução do FPE em projeto que tramita no Senado. A Comissão Mista do Congresso para a Copa  que esteve em Porto Alegre ficou preocupada com as péssimas condições do Aeroporto Salgado Filho. A não inclusão do carvão mineral no leilão A-5 é outro tema relevante para a economia gaúcha.

2. E O PREFEITO FORTUNATI? 
O prefeito José Fortunati comete  equivoco criando  secretarias para acomodar interesses. Também não está cuidando adequadamente dos partidos que poderão lhe ajudar na reeleição. A situação eleitoral dele, hoje, é melhor na busca da reeleição.Penso, no entanto, que o eleitor está querendo novidade e nesse caso a candidatura Manuela desponta com boas chances. Nessa disputa  é preciso saber o que fará o PT na eleição na capital gaúcha.

3. ANA AMÉLIA VAI ENCARAR UMA CANDIDATURA AO GOVERNO DO ESTADO?
Estou com sete meses de mandato. Seria uma irresponsabilidade minha falar em 2014,neste momento. O foco nosso é aumentar o numero de filiados e preparar uma boa lista de candidatos à eleições de 2012. Nenhum partido pode estabelecer estratégias de longo prazo se não investir,na plataforma de médio prazo que é o pleito do proximo ano. Pretendemos fechar a campanha das filiações com pelo menos 10 mil novos filiados. Esse é o nosso foco.

4. E SUAS RECENTES MOVIMENTAÇÕES POLÍTICAS?
Tenho  prioridades. Uma delas é Lagoa Vermelha. A filiação de Moacir Volpato assegura ao PP a chance de voltar ao poder, na minha cidade, depois de muito tempo. A outra é Porto Alegre. Temos enorme interesse nesse colégio eleitoral onde obtive mais de 400 mil votos, em 2010. Irei participar ativamente da campanha na nossa capital. Temos nomes maravilhosos como o nosso João Dibb,o Newton Braga Rosa que comanda o InovaPOA,o Kevin Krieger, o Nedel e gostaria muito que a nossa musa Monica Leal que fez um bonito trabalho na Secretaria de Cultura possa disputar uma vaga na Câmara ou mesmo compor a chapa para a  Prefeitura.
-----
Te cuida!!
Não fica te achando, Musa Comunista!!
-----
Quer saber?
Se a Ana Amélia for pra luta, disputa com o nosso prefeito José Alberto Fortunati.
E a Musa Comunista aproveita para ler e crescer.

Segunda, 26 setembro 2011

ESPECIAL

Começa o Prêmio Press 2011
A revista Press está dando a largada, hoje, de mais uma edição do Prêmio Press, o Oscar da Imprensa Gaúcha, com o início da etapa de indicações no Voto Popular e Voto Profissional no site www.revistapress.com.br
Qualquer pessoa pode participar do Voto Popular, entrando uma vez por dia no site e escolhendo os melhores profissionais de imprensa em 13 categorias e os melhores programas de rádio e televisão do Rio Grande do Sul.
Do Voto Profissional somente jornalistas e radialistas, devidamente identificados podem participar, uma única vez durante todo o período de indicações, que se estende até 4 de novembro, quando serão conhecidos os finalistas do Prêmio Press 2011 e que passarão à etapa final de escolha, que a do Juri de Lideranças, formado por 30 personalidades do Estado.
Julio Ribeiro, diretor da revista Press, espera um crescimento de 20% no número de indicações, que em 2010 foi de 206 mil. “Temos a expectativa de uma participação ainda maior do público leitor, ouvinte e telespectador neste ano, ultrapassando a barreira das 250 mil indicações, o que reforça ainda mais a representatividade do Prêmio Press”.
Uma das novidades deste ano está categoria de Colunista de Jornal/Revista do Ano, que passa, a partir de agora, a receber o Troféu Fernando Albrecht. O colunista do Jornal do Comércio passa a ser hour concour, visto que em 11 edições do Prêmio Press ele conquistou seis vezes o troféu nesta categoria.
O Prêmio Press 2011 tem novidades, também entre seus apoiadores. Além do Sistema Fiergs, que assina o troféu Homenagem Especial e da Nestlé que empresta seu nome ao troféu Jornalista do Ano, a Cia. Zaffari e o Sindirádios passam a apoiar o principal evento de imprensa do Rio Grande do Sul, que conta ainda com a participação da Assembleia Legislativa e da Krim Bureau. Nos próximos dias, novos patrocinadores e apoiadores serão confirmados.

-----

Por favor!!
Quando votarem, não se esqueçam de votar no José Luiz Prévidi para Jornalista de WEB.
Não, não sou tão pretensioso - não votem em Jornalista do Ano!!!

Ferro e Mais Ferro - 26 de setembro

Paraíso sem fiscal
Glauco Fonseca


Duas incômodas e contemporâneas verdades do nosso Brasil varonil: a primeira é que o melhor negócio que existe neste país, ao que parece, é roubar. Crimes de colarinho da cor que você quiser. Se for de colarinho branco, ainda mais fácil o ato de roubar e o de se safar. A segunda verdade inabalável é que a justiça, coitada, é hoje uma espécie de “resort” para onde vão os que roubam e podem usar o fruto de seu delito para financiarem ad infinitum sua permanência na felpuda e macia liberdade. Entre taças de espumantes e baforadas de robustos, os alienadores de dinheiro público e privado celebram o fato de estarem livres e comemoram nosso modelo de justiça, um bem escasso para muitos, uma fina iguaria para o deleite de poucos.
Os brasileiros não temem mais a lei. Cada vez mais sonegam impostos, cometem crimes eleitorais escabrosos sem temor de perder cargos, bebem ao volante perdendo, no máximo, alguns pontos em suas carteiras de motorista, cometem peculato, enriquecimento ilícito, locupletação e o que dizem quando são pegos?
- “Tudo vai se esclarecer na justiça”.
Ou seja, “nada vai me acontecer, pelo menos nos próximos 5 ou 10 anos”. Portanto, pode receber dinheiro no exterior livre de imposto, promover empréstimo fraudulento para acobertar desvio de dinheiro púbico e caixa dois. “Como a justiça requer fatos e provas, iremos provar na justiça que somos inocentes”. Quem já não ouviu algo parecido? O certo seria dizer: “Vamos nos defender na INjustiça”.
A sociedade norte-americana, aquela onde roubar ainda é crime e o sujeito ainda vai para a cadeia se sonegar imposto de renda, definiu como um de seus arquétipos de liberdade pós-delito a fuga para o Brasil, mais especificamente o Rio de Janeiro. Somos, portanto, um símbolo Junguiano internacional de impunidade. E não é de hoje. Pelo jeito, gostamos tanto da ideia dos gringos que a adotamos de direito. Quando alguém rouba aqui, foge para o “Rio de Janeiro” jurídico do Brasil que é a justiça brasileira. Fugir em direção à justiça brasileira é ter a garantia de que muitos e muitos dias de sol e mar antecederão a qualquer desconforto judicial.
Outro recôncavo de impunidade brasileira é ter um mandato qualquer, um concurso público, uma nomeação ou coisa do gênero. Se a lei do país protegesse os cidadãos tanto quanto protege o político ladrão, o funcionário concursado que comete concussão ou o detentor de altos cargos, bem, aí não seríamos o país referido como paraíso do ilegal. Somos um paraíso SEM fiscal.
Mas é a justiça que funciona mal ou é o direito? Justiça é uma ideia abstrata e relativa. Representa os fundamentos de ordem social que uma determinada sociedade considera como corretos. O direito é a maneira através da qual o sentimento de justiça presente numa determinada sociedade deve se manifestar concretamente, por meio de leis capazes de "premiar" posturas virtuosas e coibir posturas consideradas criminosas.
Não precisamos apenas de justiça. Carecemos é de direito. Sofremos com a abundância do ilegal e choramos pela falta da ética.
Temos que ser mais justos e nos “endireitar” como nação

Bom Dia! Segunda, 26 setembro 2011

Rercuerdos de um final de semana em Bento

Não consigo entender como uma cidade bonita, com centenas de indústrias, vinícolas maravilhosas e um povo gentil possa se chamar Bento Gonçalves. A troco de quê? Homenagear esse "herói"? O que deu na cabeça desses gringos? Ou será que tiveram que engolir a "proposta"?
Sinceramente, nem quero saber!!
-----
Reitero o que escrevi no final de semana: Não existe no Brasil, nas Américas e no mundo um evento como a Avaliação Nacional de Vinhos. A 19ª edição aconteceu no sábado, no Parque de Eventos. Senti orgulho de morar no Rio Grande do Sul e mais faceiro ainda fiquei em ser um dos 820 participantes da Avaliação.
-----
Qualquer pessoa, mesmo os que não são chegados, concluem que as descendentes de italianos são maravilhosas. Lindas. E nem precisa ser gringa - aquele ar serranos faz bem para as senhoritas e senhoras. Pode até ser impressão minha, mas todas são muito bonitas. E com corpos maravilhosos.
O sábio jornalista Danilo Ucha observa: Além de linhas, elas usam saias e ventidos!!
Uau!!
-----
Nem lembro quantas vezes já fui a Bento. Conheço a maioria das grandes vinícolas. Bons restaurantes.
Mas jamais fui ao centro da cidade.
Uma grande falha.
-----
Sábado à noite fomos jantar na maravilhosa Dal Pizzol Vinhos Finos. Como sempre, o seu Antonio nos recebeu com um largo sorriso, espumantes e vinhos maravilhosos e comida saborosíssima. destaque para a batata recheada assada no forno. O presidente da Assembleia, Adão Villaverde, que foi um dos 16 avaliadores/comentaristas do evento da manhã, estava no jantar.
Antes, abrimos os trabalhos com espumante no Farina Park Hotel.
-----
No domingo, 9h30min, fizemos o check-out e acompanhamos o Passeio de Bicicletas no Vale dos Vinhedos. Acompanhamos, é claro, o Passeio de van. Depois fomos na Vinícola Almaúnica e almoçamos na Vinhos Larentis.

Tô escondido. Na minha frente o André

Fomos recebidos pelo André Larentis, da terceira geração da família.
Olha, pra mim, na Larentis provei o melhor vinho de todo périplo.
De uma uva chamada pinotage, originária da África do Sul, um cruzamento da Pinot Noir e da Cinsault.
Simplesmente delicioso. Ainda não está no mercado - provavelmente até dezembro vai estar a venda. Passamos rapidamente na Dom Cândido Vinhos Finos e retornamos a Porto Alegre.
-----
Deu tempo para assistir ao segundo tempo do jogo do Internacional contra o Atlético mineiro.
Foram espumantes e vinhos de roldão!!
Assisti ao jogo sorvendo uma generosa dose de uísque.
Comi um prosaico cachorroquente e desmaiei. Até às 8h20min de hoje.[
-----
Ainda estou me recuperando!!

Olha o time. Destaque para as gurias agachadas
 -----
Só para deixar vocês enlouquecidos: a fotógrafa é lindíssima!!!
Vou pedir para me mandarem uma foto dela e publico amanhã.

Fim de Semana - ESPECIAL

Esfalfante!! Estou esfandegado!!

Olha só a montoeira de gente!! Nada igual no mundo!!

Acordo irritadíssimo com o barulho do porteiro eletrêonico: pi-pi.
Bah, quem iria encher a minha paciência num sábado, pelo jeito de madrugada?
Pi-pi, pi-pi, pi-pi.
Abro os olhos e não conheci onde estava. Certo é que não estava em casa.
Caiu a ficha. Era o telefone. A recepção do hotel me acordara na hora que havia pedido. 15 para as 7.
Tentei ser gentil com o cara.
Lógico que dormi mais. Tomei banho e desci. 8 horas em ponto estava na recepção para irmos ao Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Como sabem, para a 19ª Avaliação Nacional de Vinhos.
-----
O local da Avaliação era inacreditavelmente imenso. Mesas e mais mesas. Todas com toalhas brancas.
E as pessoas vão chegando, aos montes.
Número final de avaliadores: 820. Todos com crachá e sacolinha com folders e um conjunto de taças, para  vinho e espumante. Todos os lugares com uma garrafinha de água sem gás e um pacote de biscoitos salgados.
-----
Às 9h30min chega o nosso governador Tarso Fernando.  Já estavam lá todas as autoridades.
Discursos, tal e coisa, e depois das 10 começa a avliação de 16 vinhos, brancos e tintos, meio a meio. Tudo no escuro. Cada avaliador convidado, na mesa principal,  faz um comentário.
Legal é quando a nota que a gente dá fecha com a do entendido/convidado. Fiquei todo bobo quatro vezes.
-----
Interessante também é o tal baldinho que cada um tem na sua frente. Vários caras tomam a provinha e cospem fora. Um troço meio nojento. Meio, não, nojento mesmo. Te colocam naquela baita taça um dedo de vinho e os caras além de cuspirem, botam aquela gota fora. Um desperdício!!
-----
Ia esquecendo de dizer que esta Avaliação é a maior do mundo!!
Não há nada igual!! Viva Bento Gonçalves - a cidade e não aquele "herói".
-----
É uma grande profissão essa de enólogo. O cara só bebe bons vinhos.
Avaliador eventual é muito mais legal porque não tem compromisso.
O mais engraçado é ficar observando as figuras. Todos levantam a taça, cheiram, sacodem (a taça) e provam como que estivessem com nojo. Muitos cospem fora, como já disse aí em cima.
Eu, não. Só não lambia a taça porque ficava chato e nem pedi para me colocarem mais um pouquinho.
Sem fiasqueira, como me pediu a Rute, antes de sair de casa.
-----
Subi a serra com um grupo de jornalistas, inclusive um simpático casal de uruguaios.
Entre estes, o Danilo Ucha, colunista do Jornal do Comércio.
No intervalo conversamos.
Ele e eu chegamos a uma conclusão. As senhoras e senhoritas da Serra gaúcha estão cada vez mais vistosas, mais primorosas - a definição certa é FULGURANTE. Elas estão cada vez mais fulgurantes!! E o sábio Ucha lembrou bem: elas usam saias e vestidos, uma raridade nesses dias de jeans!! Lindas, linhas, lindas essas gringas!!
-----
Não fiquem pensando que é simples a Avaliação.É uma trabalheira danada.
Terminamos depois das 14 horas - teve até show dos Irmãos Fagundes, que cantaram até o Hino do Rio Grande. Bah!!
Aí parti celere para o almoço. Impressionante a organização dos caras. Umas 300 pessoas, mais ou menos, tinham acento. Boa comida. Pensando bem, não sei se era tão maravilhosa assim, porque não tinha comido nada de manhã e estava com um buraco na barriga. Bolachinha salgada não vale.
Bom almoço.
-----
Bem estava tudo perfeito?
Estava.
Ou melhor, quase.
Não tinha internet e muito menos uma tomada no salão do evento.
-----
Destaque também para a Lucinara Masiero, da Conceitocom Imprensa & Eventos, que foi a nossa anfitriã.
Outro destaque? Para a gentileza do pessoal do Farina Park Hotel.
E pro Sidinei, o motora da SM Viagens e Turismo.
-----
Na sexta jantamos num maravilhoso restaurante, o Di Paolo. Vinhos e espumantes da Gran Legado.
Uauuu!!
-----
Estou, mesmo, esfandegado!!

Sexta Especial - 23 setembro 2011

 

Sentiram o motivo desta "Sexta Especial"?
Vou mais uma vez me sacrificar pela causa da Enologia. Irei tal um Bacus rumo a Bento Gonçalves!!
Sim, meus queridos leitores, estarei neste final de semana empenhado na programação da Avaliação Nacional de Vinhos. Uma árdua tarefa!! Horas e mais horas de degustações, almoços, jantares!!
-----
Ainda nesta sexta, quase final de semana, tenho que resolver uns probleminhas de manhã e depois encarar o "Brunch da Imprensa", referente às comemorações dos 25 anos da ESPM-Sul. É mole? Atendo a convocação de duas lindinhas, Ana Cássia Hennrich e Cátia Bandeira, que fazem a assessoria da Escola.
Antes de encarar a subida à Serra terei que repousar um pouco, porque estou numa idade quase avançada.
-----
Antes de tratar da estafante programação, conto o que é a Avaliação.
É a 19ª edição, sempre realizado em Bento Gonçalves.
Amanhã, no Pavilhão E do Parque de Eventos.
Vai reunir 820 apreciadores para avaliar 383 amostras de 72 vinícolas brasileiras. É avaliada a qualidade da safra, através da divulgação da relação dos 30% mais representativos e os 16 vinhos selecionados entre este seleto grupo. Comentaristas de sete países integram o painel de convidados.
A degustação de cada amostra segue um padrão específico. Uma das 16 amostras é servida. Depois de degustada, cada participante dá sua nota e assinala seus comentários na ficha de degustação. Logo em seguida, é feito comentário do vinho por um dos 16 comentaristas, que apresenta os resultados de sua apreciação sobre o vinho. As observações quanto aos aspectos visual, olfativo e gustativo apresentadas pelo comentarista podem ser anotadas pelo público servindo como referência para futuras interpretações. Tal atitude permite a propagação do aprimoramento do gosto pelo vinho. Em seguida, passa-se para outra amostra repetindo-se o procedimento.
A degustação dos 16 vinhos selecionados é feita às cegas, seguindo normas internacionais.
As amostras serão analisadas em seis categorias: Branco Fino Seco Não Aromático, Branco Fino Seco Aromático, Rosé Seco, Tinto Fino Seco, Tinto Fino Seco Jovem e Vinho Base para Espumante. Somente depois é que os promotores anunciam a relação dos 30% - 115 vinhos – e entre estes os 16 selecionados que foram degustados pelo grande público.
-----
Já imaginou a trabalheira?
E eu lá, passando tudo para vocês, pelo meu poderoso notebook.
-----
Agora, o périplo.
No início da noite fazemos o check-in no Farina Park Hotel e vamos celeres para um jantar no Di Paolo, com vinhos e espumantes Gran Legado. Dormir cedo para se preparar para a "gincana" do dia seguinte.
No sábado, ainda madrugada, às 8 horas, partimos para o Parque de Eventos.
E, acreditem, este sacrifício acontece até às 15 horas!! Voltamos para o Farina e às 18h30min seremos convocados para um happy-hour com a direção do empreendimento. Pouco depois retornamos a um paraíso, a Dal Pizzol Vinhos Finos, onde teremos um jantar com a diretoria da ABE.
Ufa!
Domingo mais light.
Check-out às 9h30min e não sei bem o que significa o que nos espera às 10 horas:
Passeio Ciclístico no Vale dos Vinhedos.
Já avisei a querida Lucimara Masiero, da Conceitocom, que a única bicicleta que me aventuro é a que tenho ao lado da minha mesa de trabalho - sempre paradinha, me esperando para uma volta.
Duas horas de Passeio!! Pensando bem, posso acompanhar o Passeio na Van, né Lucinara?
Almoçamos nos Vinhos Larentis, no próprio Vale dos Vinhedos. E ainda iremos fazer uma visita agradável a Dom Cândido Vinhos Finos.
Às 14 horas rumamos para Porto Alegre.
Esfalfados!!
-----
Portanto, ainda hoje, de repente, conto mais alguma novidade.
E no sábado, certamente, conto tudo sobre a Avaliação, aquele árduo e hercúleo trabalho.
-----
Cá entre nós: Não sei se na segunda terei forças para atualzação do previdi.com.br.
-----
URGENTE!!
Recebo da amiga médica Lais Legg, às 9h54min:
Acordo, nesta sexta-feira chuvosa, com a muvuca estabelecida em frente ao meu prédio (bombeiros, azuizinhos, BM). Há uma bomba dentro da nova lixeira da rua, bem na frente da praça (fundos do Palácio Piratini) onde mora o meu queridíssimo galo Jorge. Aliás, até ele silenciou.  Os bombeiros pediram que fechássemos todas as janelas e o trecho da rua está interditado. Estou isolada do mundo. Sinto-me dentro de um episódio daqueles “CSI”, uau!
-----
MEU Botafogo fez o serviço!! Rumo ao título do Campeonato!!

Vinhos e Afins - 22 setembro 2011

Don Laurindo Tannat 10 anos é eleito melhor vinho do Brasil
O melhor vinho brasileiro escolhido entre os melhores. É assim que o vinho tinto reserva Don Laurindo Tannat 10 anos, safra 2005, venceu a degustação “O melhor vinho brasileiro”, realizada na última segunda, na Pizzaria Speranza, em São Paulo. Jornalistas e blogueiros degustaram às cegas 19 vinhos e o Don Laurindo Tannat 10 anos obteve a maior nota entre os jurados – 87,15 (de um máximo de 100 pontos).
O enólogo Ademir Brandelli recebeu com entusiasmo o resultado. “É uma honra ter ficado em 1º lugar entre os melhores vinhos do Brasil, principalmente pela qualidade e conhecimento dos degustadores”, afirma. Brandelli iniciou, em 1991, o plantio da variedade Tannat no Brasil. A primeira safra foi comercializada em 1995. “O lançamento deste varietal foi um marco na história vitivinícola do Brasil e da Don Laurindo. A partir deste momento os produtos da empresa começaram a se destacar entre os melhores vinhos do mundo”, recorda.
Para homenagear os 10 anos da variedade Tannat no Brasil, a Don Laurindo, como pioneira, elaborou este rótulo que acaba de ser escolhido o melhor vinho brasileiro. “É um vinho de grande complexidade de cor, aroma, sabor e potencial de guarda”, comenta Brandelli.
O organizador do evento, Gustavo Kauffman, do blog Enoleigos, explica que o painel contou com 100% de vinhos brasileiros com preço de R$ 200 no máximo ao consumidor final. As notas seguiram o padrão de competições internacionais, de 50 a 100, e todos os vinhos foram servidos aproximadamente uma hora antes da degustação, ou seja, tiveram tempo de respirar. A degustação contou com os seguintes avaliadores: Gustavo Kauffman, Carlos Marques, Suzana Barelli, Maurício Tagliari, João Felipe Clemente, Cristiano Orlandi, Gianni Tartari, Didú Russo, Beto Duarte e André Rossi (Deco).

-----  

Holandeses visitam a Serra gaúcha
Três jornalistas holandeses iniciaram, na terça passada, a participação no Projeto Imagem Internacional, promovido pelo projeto Wines of Brasil, realizado em parceria entre o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). O patrício é da TAP. A programação, que inclui visitas técnicas por vinícolas da serra gaúcha, segue até o próximo sábado, com a presença dos jornalistas estrangeiros na 19ª Avaliação Nacional de Vinhos da safra 2011, no Parque da Fenavinho, em Bento Gonçalves.
Ronald Pieter de Groot, Charlotte Van Zummeren e Janna Meppelink chegaram nesta segunda-feira (19) ao Vale dos Vinhedos, sendo recebidos com um jantar preparado pelo chef Fábio Lima do Hotel & Spa do Vinho Caudalie, onde estão hospedados. O primeiro dia de visitas incluiu nesta terça-feira as vinícolas Don Giovanni, Don Laurindo e Pizzato. Os jornalistas holandeses ainda conhecerão as vinícolas Don Guerino, Geisse, Miolo, Casa Valduga, Salton, Aurora e Lidio Carraro
Amanhã, a partir das 14 horas, eles falarão sobre as suas impressões a respeito dos vinhos brasileiros na sede do Ibravin, em Bento Gonçalves.

-----

Vinícolas brasileiras no Canadá
Quarto evento de degustação de rótulos verde-amarelos ocorreu em Toronto, numa promoção do Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio do Itamaraty e da Consulado-Geral do Brasil em Toronto, em parceria com o projeto Wines of Brasil, realizado pelo Ibravin e pela Apex-Brasil.
Dez vinícolas brasileiras apresentaram seus produtos para sommeliers e representantes do LCBO, uma espécie de monopólio governamental, que controla a importação, comercialização e distribuição de bebidas alcoólicas em Toronto, no Canadá. A promoção do quarto evento de promoção do vinho brasileiro em Toronto, no dia 13 de setembro, foi do Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio do Itamaraty e da Consulado-Geral do Brasil em Toronto, em parceria com o projeto Wines of Brasil, realizado pelo Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).
As vinícolas participantes da degustação de rótulos brasileiros em Toronto foram Aurora (David Litner), Casa Valduga (Elisa Walker), Basso (Wagner Alberti), Lidio Carraro (Patrícia Carraro), Miolo (Fabiano Maciel), Pizzato (Flavio Pizzato), Salton (Vagner Montemaggiore), além de Piagentini, Sanjo e Santo Emílio, representadas por Francine Kaga, da trading Suriana. “Desde o ano passado, conseguimos incluir dois vinhos na LCBO, graças a degustações como esta”, afirma a gerente de Promoção Comercial do Wines of Brasil, Andreia Gentilini Milan. Este ano, três representantes da LCBO estiveram presentes no evento. “Esperamos aumentar a presença de vinhos brasileiros no monopólio depois desta degustação”, comenta Andreia.

Quinta, 22 setembro 2011 - parte 2

MAIS DUAS SOBRE CHUPADAS!!
JOÃO PAULO FONTOURA DE VOLTA!!

1
Legal a repercussão havida nos post dos plágios.
Para os colegas colaboradores do teu blog Laís Legg, Rogério Mendelski (o qual ouço rigorosamente todas as manhãs e, ocasionalmente, nas manhãs de domingo) e Chico Alves (concordo contigo Chigo, não é plágio) mando mais uma que será polêmica:
O genial Noel Rosa (pra mim, juntamente com o Lamartine Babo e o Chico Buarque, formam a triade no panteão da música popular brasileira de todos os tempos, -  mesmo o Chico estando bem vivinho)  quando acabou de compor sua obra máxima "Com Que Roupa" , leva a letra e canta a melodia para um maestro amigo seu o qual, com espanto, afirma :
-  Credo!! Noel isso é plágio do  nosso Hino Nacional!
Mesmo o maestro dando uma ajeitada na melodia ainda assim ficou muito parecida (ao menos pra mim !!) na introdução da melodia . Experimentem cantarolar   "eu hoje vou mudar minha conduta"   com a melodia do nosso Hino substituindo "ouviram do Ipirangas às margens plácidas" .
-----
2
Muitas histórias relativas à plágios são ditas, não são mensuradas e passam batidas como se verdade fossem. Uma delas é a relativa ao nosso hino riograndense.
É corrente (parece que veio do Diogo Mainardi e replicado pelo nosso Juremir) que o compositor da melodia, o maestro Joaquim José Mendanha, o cometeu  baseado numa valsa de Strauss (não olvidar que a belissima letra é de meu parente Francisco Pinto da Fontoura. Digo parente pois TODOS os Fontoura pertencem a uma família tronco, derivada do militar mineiro João Carneiro da Fontoura, casado em Rio Pardo por volta de 1730 e pai de onze filhos).
Segundo informações confiáveis, isto ocorreu em 1838 . O primeiro Strauss (pai do genial Strauss Jr e dos menores Eduard e Josef e avô do também notável Johann Straus III . O "danúbio Azul" é do Strauss Jr , o gênio da família) nasceu em 1804 e portanto teria 34 anos à época. Pelas informações biográficas que dispomos este progenitor era mais músico que compositor e o espaço de tempo para ter composto uma obra (compôs várias) , ser divulgada na sua terra natal, transpor o oceano e ser conhecida por um mediano músico no interior da Minas, numa época em que tudo era lento, não é razoável.
Só acredito vendo (ou melhor , ouvindo!!!) .

Quinta, 22 setembro 2011

ESSE VÍDEO É
ESTUPENDAMENTE ESPETACULAR!!!

Filho, no café da manhã, conta aos pais que é heterossexual!!!
Vai!!

Bom Dia! Quinta, 22 setembro 2011

Direto de Minas Gerais
e o coração da Rosane

Ao todo estou mexendo com sites há 11 anos - neste, lá se vão 8.
Tempo mais do que suficiente para que já estivesse acostumado com as manifestações de leitores/amigos.
Mas não consigo.
Ontem recebi um pedido de livros.O nome me pareceu conhecido, Everton Macedo. Mas o endereço era de Uberlândia, Minas Gerais. A primeira reação foi a óbvia: é gozação!
O cara pediu dois livros e depois escreveu:
Olá Prévidi!!!! Sou seu leitor há, pelo menos, uns 6 anos. Talvez você lembre de um certo locutor dá Rádio Alegria de NH, que fez contato com você em 2007. Na ocasião, comprei o "Tempos do Róseo". Agora, trabalho na Paranaíba Fm, outra rádio de música sertaneja.
A propósito, embora muita gente de conteúdo deteste esse gênero musical, sempre trabalhei nesse ramo e não tenho preconceito com qualquer outro ritmo.
Prévidi... por que tanto jornalista que vive,  respira e depende visceralmente da  democracia tem tanto preconceito com a música. E logo com algo de tão estrita pessoalidade. Será que esses 'letrados' pensam que todos nós somos burros? Como pode tanta hipocrisia? Como pode tanta aversão a quem não lhes causa prejuízo algum? Mas tudo bem, Prévidi, 'estes' fingem que são jornalistas e que respeitam a todos e nós fingimos que o que eles ecrevem ou falam tem relevância. Ridículos!!!!!!!!
Valeu, meu velho! Muita saúde e paz na sua vida! Pode até parecer piegas mas gostaria muito de tomar um álcool e fumar um careta com você quando eu for a Porto Alegre. Seria um grande prazer conhecer alguém do bem como você aparenta ser pela sua história de vida e pelo seu posicionamento não-fisiológico na profissão. Até!!!!

Legal, né?
Claro que já estou esperando o Everton venha logo a Porto Alegre para darmos risadas.
Olha, rapaz, não me incomoda a música sertaneja, assim como não me incomoda música alguma. Só não vou gastar os meus trocados comprando um CD, por exemplo. Assim como tenho o maior respeito pelo famosíssimo escritor Paulo Coelho. Mas não li os seus livros e ainda não pretendo ler. Só isso.
Repito, Everton: Estou te esperando para um grande papo repleto de muitas gargalhadas.
-----

 Nesta semana dei um carinhoso Bom Dia! à jornalista Rosane Marchetti, que em entrevista na Zero Hora, afirmou que está enfrentando um câncer no seio.
Ela me disse que, agora, começa a enfrentar os efeitos da quimioterapia. E que recebeu mais de mil e-mails e telefonemas, a imensa maioria de pessoas que não conhece, em função da matéria. Também recebi alguns e-mails de torcedores pela Rosane. Ontem passei para ela uma mensagem de um leitor contumaz, o Roberto, e ela respondeu:
Obrigada Prévidi...
Coisas assim tem me dado muita, muita força. Estou muito agradecida!
Olha, tenho recebido tantas msg de solidariedade que é inacreditável. Estou tentando responder cada uma, mas são muitas...passam de mil entre Facebook e meu e_-mail... Recebo dicas, orações e histórias de pessoas geniais. Gente que ãoo conheço mas que tem me dado o ombro,o colinho...
Um beij
o
Fuerza, guria!!

PRESTE ATENÇÃO!!

NÃO PUBLICO COMENTÁRIOS ANÔNIMOS!!
NÃO ADIANTA INSISTIR!!!!
(e não me venham com pseudônimos engraçadinhos)

Vinhos e Afins - 21 setembro 2011

Neste sábado, a qualidade da safra

Especialistas de sete países integram o painel de comentaristas.
Evento reunirá 820 apreciadores e apresentará os vinhos representativos da Safra 2011

A 19ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2011 é neste sábado, em Bento Gonçalves.
Considerada a maior de todas as edições por reunir 820 apreciadores e avaliar 383 amostras de 72 vinícolas brasileiras, a Avaliação cumpre seu papel de promover o vinho brasileiro, apresentando a qualidade da safra, através da divulgação da relação dos 30% mais representativos e os 16 vinhos selecionados entre este seleto grupo. Comentaristas de sete países integram o painel de convidados.
A composição do painel de comentaristas é feita pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), promotora do evento, que convida especialistas do Brasil e do exterior para participar do evento. O 16º comentarista é sorteado entre o público participante. A degustação de cada amostra segue um padrão específico. Uma das 16 amostras é servida. Depois de degustada, cada participante dá sua nota e assinala seus comentários na ficha de degustação. Logo em seguida, é feito comentário do vinho por um dos 16 comentaristas, que apresenta os resultados de sua apreciação sobre o vinho. As observações quanto aos aspectos visual, olfativo e gustativo apresentadas pelo comentarista podem ser anotadas pelo público servindo como referência para futuras interpretações. Tal atitude permite a propagação do aprimoramento do gosto pelo vinho. Em seguida, passa-se para outra amostra repetindo-se o mesmo procedimento.
A degustação dos 16 vinhos selecionados é feita às cegas, seguindo normas internacionais. As amostras serão analisadas em seis categorias: Branco Fino Seco Não Aromático, Branco Fino Seco Aromático, Rosé Seco, Tinto Fino Seco, Tinto Fino Seco Jovem e Vinho Base para Espumante. Somente depois é que os promotores anunciam a relação dos 30% - 115 vinhos – e entre estes os 16 selecionados que foram degustados pelo grande público.
O evento acontece no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves. Na oportunidade, a ABE estará homenageando dois grandes colaboradores do setor com o Troféu Vitis nas categorias Amigo do Vinho Brasileiro e Enológico.

DEGUSTADORES COMENTARISTAS

1. Adão Villa verde – deputado Estadual e enófilo – Brasil
2. Bruno Agostini – Jornalista – Jornal O Globo - Brasil
3. Claudia Quini – Engenheira Agrônoma e enóloga – Argentina
4. Cristina Pandolfi – Enóloga – Argentina
5. Estela de Frutos – Enóloga – Uruguai
6. Irineu Guarnier – Jornalista do Grupo RBS – Brasil
7. Jean-Lucien Cabirol – Dr. Enologia – França
8. Jorge Ilha Guimarães – Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia – Brasil
9. Juliana Reis – Sommelier Senac/SP – Brasil
10. Lucindo Copat – Enólogo do Ano 2010 – Brasil
11. Luiz Henrique Rivoiro – Editor da Revista Playboy – Brasil
12. Patrícia Jota – Jornalista e Colunista de Vinhos – Brasil
13. Roberto Rabachino – Presidente da FISAR Internacional – Itália
14. Ronald Pieter de Groot – Jornalista – Holanda
15. Sergio Hormazabal – Enólogo – Vice-presidente da Associação de Enólogos do Chile
16. Sorteado

Foto de Gilmar Gomes

Quarta, 21 setembro 2011 - parte 2

CHICO ALVES, DE URUGUAIANA,
E AS CHUPADAS HISTÓRICAS

Sou leitor de carteirinha do nosso Blog do Prévidi (sim...era teu.Quem mandou fazer? Agora é nosso. Ah...mesmo sem autorização tenho recomendado, no ar, para que os ouvintes acessem o blog). Com todo o respeito, me aventuro a discordar de quem levantou que Emoções, do Roberto Carlos,  é plágio de I Wanna Be Around" (Tony Bennett).
Olha,  no máximo, cinco a seis notas iniciais são semelhantes e daí  para frente muda completamente a linha melódica. O gênero sim é o mesmo, ou seja, um Fox. Como não falo  inglês,óbvio, não sei o que diz a letra. Só se  estiver  aí o tal plágio.Agora, na linha melódica...não mesmo!
----- 
CURTINHAS

A maioria das mulheres não gosta de jogar futebol.
Não suporta ver outras 10 mulheres usando a mesma roupa que ela

Será que é coisa de comer?
No correiodopovo.com.br, ontem de manhã:
Desfile Farroupilha representa agregação republicada, define Tarso
-----
Novidade pra mim. E pra ti?
O famoso jornalista Affonso Ritter tem um "blog de notícias".
Detalhe: ontem não consegui abrir, por duas vezes, o www.affonsoritter.com.br.

Novidade pra mim. E pra ti? - 2 
Sabia que existe um portal/site de notícias chamado Ziptop, do Grupo Sinos?
Bah!!
-----
A propósito
Me mandaram o endereço de um blog, que evidentemente não reproduzo, que abaixo de cada postagem o pernóstico coloca:
(Favor não copiar esta mensagem)
-----
Essa é de lascar
Ainda existe a newsletter do Programa Clóvis Duarte.
-----
Apenas uma constatação
O famoso apresentador Lasier Martins estava de lenço vermelho no pescoço. E jeans.
No Jornal do Almoço de ontem.
-----
No estadao.com.br
Acidente e tiroteio na Anchieta matam 1 morto e ferem 5
-----
Mais uma de plágio
Laís Legg envia:
Entusiasmada com os plágios citados, lanço uma dúvida: a Catedral de Brasília e a Catedral Católica de Liverpool são idênticas. Quem plagiou quem?
-----  
A saída da John Deere do Brasil
Recebo:
Não são só os tratores da John Deere que estão sendo bloqueados nas Fronteiras com a Argentina.
Mas a verdade da JD querer ir-se daqui é outra.
Os salários de técnico mecânico no Brasil estão 2,7 vezes maiores que do outro lado da fronteira.
Ou seja não precisa ir para a China.

-----
Cara de pau total
A Justiça Federal negou pedido da deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF) de reparação por danos morais em ação movida contra o Jornal de Brasília. Queria indenização por ter tido seu nome vinculado ao esquema de corrupção descoberto pela Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. A santa vai recorrer..
-----
Do balacobaco
Na próxima sexta, dia 23, será comemorado em todo o país o Dia do Orgulho Bissexual.
-----
Preparando o bobo para o feradão de 5 dias!!
O projeto “Melhoria da Qualidade de Vida”, do Plano Estratégico do TRT-RS,  promove no dia 23, sexta, entre 16 e 17h30min, a palestra “Pessoas com estilo de vida saudável produzem mais, vivem mais e são mais felizes”, do médico cardiologista Fernando Lucchese. O evento será realizado no Auditório Ruy Cirne Lima, no Foro Trabalhista de Porto Alegre. A atividade é restrita a magistrados e servidores da Justiça do Trabalho. Não é necessário fazer inscrição.
-----  
Bordel é coisa do passado



Vinhos e Afins - 21 de setembro 2011

 Os 80 anos de Cândido Valduga

O fundador da Dom Cândido Vinhos Finos, Cândido Valduga, se prepara para completar 80 anos. A vinícola organiza uma grande festa que reunirá filhos, netos e irmãos para comemorar em família a data. Para degustar, um vinho exclusivo, com marca própria e uma produção de apenas 3 mil garrafas. Cândido Valduga é marca registrada na Dom Cândido e no próprio Vale dos Vinhedos.

De olhar marcante, passos firmes e um sorriso honesto que esbanja jovialidade. Uma serenidade que deixa escapar toda experiência de uma vida dedicada a terra, ao vinho. Quem visita a Dom Cândido é recebido por ele, um autêntico contador de histórias.
Desde pequeno sempre acompanhou o pai, Marcos Valduga, na lida com o vinhedo. Ele ajudava a lavar as pipas, que abrigavam o vinho artesanal feito pela família para consumo próprio. A uva, já processada em vinho, era vendida para a Vinícola Rio-grandense – cerca de 30 mil litros por ano. A família também cultivava trigo, milho, feijão, tudo para a subsistência. O trabalho se estendia até o sábado à noite. No domingo, levantava às 6h para ir à missa. A igreja ficava a 6 km e este trecho era feito a pé. Folga só no domingo à tarde. Mas à noite o momento era dedicado a reza, e de joelhos.
Cândido Valduga recorda que tudo era feito a mão. “Não havia máquinas como hoje. Era bem mais difícil, mas era bom. Tínhamos tudo o que precisávamos. Comprávamos apenas o açúcar e o café, que íamos buscar a cavalo no centro da cidade”, conta. Logo que casou com Lourdes Gema Teston Valduga, aos 25 anos de idade, começou a vender uva para a rememorável Dreher. Os filhos Roberto, Celso, Marcos e Carlos ajudaram o pai na cultura do vinho e, logo, a área cultivada foi crescendo. Durante 29 anos, Cândido Valduga forneceu uva para a Dreher e também para a Tecnovin.
Em 1986 foi construída uma cantina: a Cândido Valduga e Filhos. No início, a uva era dividida entre o fornecimento para outras empresas e a própria produção. Seu Cândido, como é conhecido, foi o primeiro produtor do Vale dos Vinhedos a cultivar uma variedade vinífera, a Cabernet Franc, até hoje mantida pela vinícola. A iniciativa surpreendeu e animou a própria Dreher, que aproveitou a situação para investir na uva. Era apenas um hectare, mas foi o suficiente para despertar a atenção do setor para as uvas viníferas. Até então, as uvas americanas predominavam isoladamente.
Apreciador do vinho tinto Merlot e de um bom branco, este especialmente gelado e na praia, Cândido Valduga não deixa de cumprir sua rotina diária na Dom Cândido. É ele quem recebe os turistas que chegam à vinícola. E histórias é o que não faltam. Ao final do dia sempre reserva um tempo para ir ao bar da localidade para jogar bisca, tri-sete e quatrilho com os amigos.
O controle do varejo é tarefa do Seu Cândido. Além de coordenar o trabalho no setor, ele também é responsável pela compra dos embutidos, acessórios para vinho, geléias e artesanato comercializados no local. “Enquanto converso com os turistas o tempo vai passando. Só tem uma coisa que me preocupa. Eu não lembro de todas as pessoas quando elas retornam, o que não me agrada”, lamenta.
Sem se imaginar fazendo outra coisa, o patriarca recomenda para quem deseja o sucesso, honestidade, trabalho e saúde. “Ser honesto é a melhor coisa do mundo e o trabalho nos dá dignidade, pois nada cai do céu e problemas existem e sempre vão existir”, afirma. Mesmo com uma vida regrada por escolha própria, não descarta o copo de vinho e a boa comida. Tudo sem exageros.
A comemoração desta trajetória será marcada pelo lançamento de um assemblage, que poderá ser degustado a partir de outubro. Serão apenas 3 mil garrafas e a venda será exclusiva no varejo da vinícola. Aguardem!

A vinícola
A Dom Cândido Vinhos Finos é uma vinícola familiar instalada no Vale dos Vinhedos, na Serra Gaúcha. Com uma produção controlada, a vinícola aposta na elaboração de grandes vinhos em pequenos lotes. Desde sua fundação, a empresa ampliou seus vinhedos, hoje responsáveis por 100% da produção de seus vinhos e espumantes, cerca de 300 mil litros por ano. São 12 hectares só no Vale dos Vinhedos, onde cultivam uvas viníferas das variedades Marselan, Cabernet Sauvignon, Merlot e a branca Chardonnay. Em Veranópolis, município vizinho, a aposta é nas variedades Marselan, Malbec, Tannat e Alicante. Lá, a empresa possui 50 hectares, 32 destinados a vitivinicultura. A Dom Cândido foi a primeira vinícola do Brasil a lançar um vinho Marselan. Com identidade própria, o produto é um dos diferenciais da vinícola.
Na unidade do Vale dos Vinhedos, estão o varejo, o setor administrativo e as áreas de envelhecimento e expedição. Na propriedade da Garibaldina, no município de Garibaldi, fica a produção e o engarrafamento. A história da Dom Cândido se confunde com a do Vale dos Vinhedos. O desenvolvimento do enoturismo ajudou a empresa a se posicionar no mercado. Hoje, a Dom Cândido recebe milhares de turistas anualmente. A visitação é diária, das 9h às 17h30min, sem fechar ao meio-dia.
A empresa se orgulha por ter conquistado dezenas de premiações em concursos internacionais. São Medalhas de Duplo Ouro, Medalhas de Ouro, Prata, Bronze, além de Diplomas de Honra, distinções que comprovam a qualidade dos produtos que trazem a marca Dom Cândido.

A foto é da Lucinara Masiero
( Cândido Valduga e seus filhos Marcos, Roberto, Carlos e Celso Valduga)


------

Recebo do Guilherme Socias Villela
Descrição de alguns tipos de vinhos:
Tintos
Cabernet Franc:
Uva francesa, da região de Bordeaux, de Saint-Emilion e Pomerol. É a base dos vinhos tintos brasileiros, que são leves, frutados, de coloração clara, boa acidez e com intenso aroma de framboesa. Deve ser degustado jovem.
Cabernet Sauvignon:
Uva típica da França, cultivada em Medoc, Graves e Bordeaux. Produz o 'Rei dos Tintos', vinho de tonalidade violeta e acentuado bouquet. Encorpado, com paladar que lembra cassis e pimentão verde.
Merlot:
Uva francesa da região de Bordeaux. Produz vinhos mais escuros, encorpados e de baixa acidez. Seu bouquet é menos acentuado que o dos cabernets, e seu sabor é mais adocicado.

Brancos
Chardonay:
Uva francesa, cultivada nas regiões de Borgonha e Champanhe. Do seu suco branco, são produzidos vinhos e champanhes de alta qualidade. No Brasil, destaca-se pela sua nobreza e origina vinhos equilibrados, refrescantes, de aroma sutis e finos.
Riesling:
Uva típica do norte da Itália e Áustria e base dos vinhos brancos nacionais. O Riesling tem um sabor leve e aroma de frutas cítricas, que proporcionam um frescor particular.
Sauvignon blanc:
Aroma que varia de frutado leve ao forte, como o do maracujá.
Gewürztraminer:
Uva cultivada na Alemanha e na França. Destaca-se pela exuberância de seus aromas que lembram flores do campo. Seu sabor é agradável e intenso, com alto teor alcoólico

Ferro e Mais Ferro - 21 de setembro

A VÊNUS DE BOMBACHAS
A RBS terminará se confundindo com o RGS
Recebo de um amigo jornalista, que passou o feriado de ontem de papo pro ar.
Por razões óbvias não assino:

O 20 de setembro para a RBS foi demais.
Confesso que não tenho assistido a Vênus de Bombachas, mas hoje não consegui deixar de vê-la em duas ocasiões: no Bom Dia Rio Grande (RBS TV) e a Cobertura do Desfile (TVCom).
O BD foi uma demonstração de "ocupação" do Parque da Harmonia como já vinha ocorrendo desde o começo do Acampamento Farroupilha. Parece que a RBS quer mesmo se adonar dos grandes eventos gaúchos. Foi assim na Expointer. Só pode haver um grande projeto por trás dessas coberturas que é o de se adonar de tudo que for festa-evento-feira-exposições-shows e que, por consequência, envolva grandes verbas.
Nem sei se isso está totalmente errado, o que assusta é a demonstração de poder e de não esconder mais a ambição monopolista de controlar as fontes de receita de qualquer atividade da sociedade gaúcha, venha de onde vier - eleição, futebol, inverno (Serra), verão (Litoral), carnaval.
Mais assustador é que não há reação dos concorrentes, esmagados pelo poderio jornalístico da empresa dos Sirotsky.
Voltando, agora, à cobertura da Semana Farroupilha.
No Bom Dia deste 20 de setembro, não havia informação alguma, somente uma exibição exagerada dos "artistas" da RBS. Foi uma overdose de "estrelismo" fru-fru (a definição é tua). Apresentadores se superando em risinhos e trejeitos campeiros (assando carne, tomando chimarrão, dançando, com muitos closes em seus rostinhos maquiados, como querendo dizer: "nós somos os melhores, somos os artistas globais do Rio Grande, onde estamos está a informação, nós animamos qualquer festa, não tem prá mais ninguém"). Jornalismo zero, é claro.
Nenhuma crítica às prováveis irregularidades do Acampamento como brigas, insegurança, som exagerado, estacionamento caro com aval da EPTC. Sem falar nas tais prestações de contas...
E a TV Com? Bom, aí a emissora comunitária da RBS fez, rigorosamente, rádio na tevê. Uma cobertura longa, cansativa e a todo momento o apresentador lendo mensagens dos telespectadores com elogios à cobertura.
Era rádio do interior em festa de igreja!
Quanto mais lia mensagens, mais elas chegavam à emissora. Foram quatro horas de uma narrativa monocórdica, cansativa e com floreios culturais gauchescos que se transformaram em poderoso sonífero, considerando a chuvinha e o feriado no sofá.
A RBS precisa moderar um pouco essa mania de celebrizar seus profissionais. Eles estão abdicando de sua profissão de informar e se tornando "artistas".
Qualquer hora dessas, a RBS vai ter que editar uma revista de "fatos & fotos" sobre a vida de seu cast artístico: "Fulana fez compras na Padra Chagas", "Beltrano cantou com Júlio Iglesias", "Sicrano tem nova namorada", "Nossa apresentadora vai casar com empresário".
A Globo tem seus artistas de novelas e não mistura a vida de seu elenco jornalístico. Aqui não. Os apresentadores são os soldados da Operação Ocupação RS.
Eles avançam como fuzileiros navais para cravar a bandeira na colina mais alta e a RBS terminará se confundindo com RGS.

Cinema / Wilson Rosa - 21 setembro

 WINTER, O GOLFINHO
Filme iInspirado em uma história real

A Warner Bros. Pictures divulga o segundo trailer legendado de Winter, O Golfinho. O filme, inspirado em uma história real, mostra a emocionante relação de um garoto com um golfinho fêmea chamado Winter e da compaixão das pessoas que se uniram para salvar a vida do animal.
O filme é estrelado pelo vencedor do Oscar Morgan Freeman (Menina de Ouro), Harry Connick Jr., a premiada atriz Ashley Judd e a lenda do cinema e da música Kris Kristofferson. O elenco principal também inclui o jovem ator Nathan Gamble (Marley e Eu) e o estreante Cozi Zuehlsdorff, assim como a própria Winter (golfinho).
Winter, O Golfinho é dirigido por Charles Martin Smith (Bud – O Cão Amigo) e produzido por Broderick Johnson e Andrew Kosove (indicados ao Oscar por Um Sonho Possível) da Alcon Entertainment, além de Richard Ingber.
As filmagens de Winter, O Golfinho aconteceram na Flórida, incluindo o Clearwater Marine Aquarium, cujo lema é "resgatar, reabilitar e voltar".
O filme tem previsão de estreia para 14 de outubro de 2011.

Link para trailer:
http://pdl.warnerbros.com/wbol/br/movies/dolphintale/subs/dophintale_tlrf2_b5h0m3_br_sub_high.wmv

Quarta, 21 setembro 2011

DÚVIDA TERRÍVEL

Na nova atração da Band TV, Brasil Urgente RS, às 16h50min, foi contratado um "consultor em segurança".
Trata-se do doutor André Moraes Garcia.
Bom, mas como todo telespectador gostaria de saber de onde saiu o consultor.
É advogado? Jornalista? Radialista? Policial?
-----
Extra! Extra!!
Dona Dilma, a nossa presidentE, foi muito aplaudida hoje de manhã na ONU.
Coisa impressionante.
-----
Vai ser uma esbórnia danada
A Lei Geral da Copa, que está para ser votado no Congresso, autoriza que o governo federal, estados e municípios decretem feriado em dia de quaisquer jogos da Copa de 2014.
Olha só o texto, artigo 41:
A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios que sediarão os eventos poderão declarar feriados os dias de sua ocorrência em seu território”.
Vai querer que eu desenhe? Em plena campanha eleitoral!!
-----
Curso sobre Instituições Brasileiras
Pelo professor José Alberto Fogaça.
O curso possibilitará, ao participante, rever conceitos atuais sobre os Poderes da República, regime de governo, congresso tricameral brasileiro, empresas e serviços públicos concedidos e o sistema de competências – o que cabe aos Estados, aos Municípios e à União.
O objetivo do curso é passar uma visão didática, independente, pluralista, apartidária e abrangente das instituições políticas brasileiras – funcionamento, atribuições, limites e perspectivas.
Saoba mais:
Entre no site da Fargs: http://www.fargs.br/. Clique em "Extensão - Cursos", a seguir procure a opção "ADMINISTRAÇÃO, DIREITO E MARKETING" e clique em "Projeto Instituições Brasileiras"
-----
Precisão bovina
Onde? Ah, na zerohora.com:
Raio mata dez vacas e oito bois no Litoral
-----
Machuca o ouvido
Cada vez que ouço "em bairros nobres de Porto Alegre".
Aí para aliviar fico imaginando duques, condessas, barões, princípes. Onde será que mora essa gente?
-----
Piadinhas, vídeos, charges
No http://piadinhas-do-dia.blogspot.com/.
-----
O que é isso?
Não sei se sonhei ou tive um pesadelo esta noite. Não lembro do enredo, mas foi com o jogador Neymar.
Bah!!
-----
Homenagem ao doutor honoris causa
O nosso ex-presidente Lula será a estrela do samba da Gaviões da Fiel no Carnaval de 2012.
A torcida do Corinthians vai contar a vida do cara. Mas só "a parte linda e bonita da história dele", antecipa  Antônio Alan Silva, o Donizete, presidente da Gaviões.
-----
Extinta a Chama Crioula
Mas a Miss Universo não sai dos pensamentos dos bons gaúchos!!

Bom Dia! Quarta, 21 setembro 2011

Variadas

Tarso Fernando e nós
Estava muito legal o encontro do Clube de Opinião com o nosso governador Tarso Fernando. Foi num almoço na segunda passada, no Galpão Crioulo do Palácio Piratini.
TF não estava pilchado.
Uma simpatia, mesmo quando tratou de assuntos cabeludos, como os protestos dos brigadianos.
Aliás fui eu quem puxou o assunto, logo na primeira pergunta.
Está irritado, mesmo, com os brigadianos. Disse que os tais protestos, com queimas de pneus, são atentados clandestinos contra o estado democrático de direito. Resumiu: "estão querendo desmoralizar os próprios chefes da instituição".
E foi definitivo: É impossível conceder o resjuste de 23,5 por cento para todo funcionalismo, até mesmo para a Polícia Civil.
Não tem nem papo.
-----
Era o Caetano?
No almoço com Tarso Fernando chamava a atenção um sósia do Caetano Veloso, que sentou em vários locais do Galpão Crioulo, como se estivesse escolhendo o melhor local para soltar a voz.
-----
Assisti
Só ontem consegui assistir ao Brasil Urgente RS, às 16h50min, na Band TV.
Tá legal, mas foi apenas o segundo programa. A impressão que dá é que estão cheios de matérias e aqueles 50 minutos são uma merreca.
Todos estão procurando a melhor maneira de levar a atração, inclusive o apresentador Paulo Bogado.
Ricardo Azeredo, pleno de experiência, deu um show.
Paulão ainda está se adaptando a TV aberta.
Só uma coisinha: chamada para o programa do outro dia? Passa a impressão (certeza) de que é matéria velha. Parece coisa dessas "atrações" de domingo, tipo Celso Portiolli, que anuncia uma "sensacional entrevista" para o domingo que vem.
-----
De olho no dedo
Médicos do Hospital de Pronto Socorro são obrigados a colocar o dedão na maquininha para registrar a sua presença. Legal se fosse para todo mundo. Por exemplo, procuradores do município não são obrigados a registrar presença.
Outra: Bem acima do ponto eletrônico instalaram câmeras para controlar.
Concluí o seguinte: de repente um médico manda o seu dedo por um estafeta para comprovar a sua "presença". Só pode.
-----
É o cara!
Esses baianos são uns gozadores, assim como os franceses.
O nosso presidente Lula recebeu ontem o título de doutor honoris causa da Universidade Federal da Bahia. É o sexto título deste tipo que Lula recebe este ano. Na terça que vem, o genial Lula recebe outro, desta vez do Instituto de Ciências Políticas de Paris.
-----
Feriado de ontem
É pra quebrar a gente ao meio.